Curso Online de Medicamentos Controlados

Curso Online de Medicamentos Controlados

Conhecimentos básicos sobre os medicamentos controlados

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 1 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Conhecimentos básicos sobre os medicamentos controlados

Sou farmacêutica, mestre e atualmente faço doutorado, tenho experiência em farmacia comercial, hospital e como professora.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • informações ao paciente:
    são orientações a serem dadas ao usúario de medicamentos, como: prazo de validade, guardar o medicamento, manter longe do alcance de crianças.

  • informações técnicas ou ações ou propriedades: ação que o medicamento causará no organismo, grupo farmacológico etc. por exemplo: o diclofenaco potássico é um antiinflamatório não esteróide. possui ação analségica, antipirética e antiinflamatória; age inibindo a biossíntese de prostaglandinas. indica a ação do medicamento no organismo.
    indicações: casos de febre, mal-estar e cansaço.

  • - contra-indicações: indicam problemas, sintomas, doenças etc. ex: pacientes que apresentam úlcera péptica e em pacientes com hipersensibilidade ao medicamento. - - precauções: são cuidados que se deve tomar durante o uso do medicamento. por exemplo: recomenda-se ingerir com água; evitar bebidas alcoólicas, suspender o tratamento, se houver hemorragia.

  • interações medicamentosas: administrar dois medicamentos ao mesmo tempo ou, por algum motivo, eles se encontram dentro do organismo. exemplo: o uso de diclofenaco sódico com digoxina aumenta a concentração de digoxina no sangue. o diclofenaco associado aos antidiabéticos orais e insulina, diminui a atividade antidiabética.

  • posologia: indica qual a dose do medicamento a ser administrada.
    adultos: a dose inicial é de 100 mg. as doses subseqüentes devem ser de 50 mg, de 8/8 horas. dose máxima: 200 mg/dia
    crianças: a dose é de 0,6 a 1,8 mg/kg/dia a ser administrada de 8/8 horas.

  • superdosagem: indica o que fazer no caso de uma intoxicação. por exemplo: não provocar vômito; procure um médico; os sinais de superdosagem são náuseas e vômitos.
    nome do fabricante: consta o nome, endereço, cgc, registro no ministério da saúde e o nome do farmacêutico com seu registro no conselho regional de farmácia.
    todo medicamento deve  ter o registro no ministério da saúde. este número indica que este medicamento está de acordo com os preceitos do ministério e sujeito à fiscalização da vigilância sanitária.

  • conclusão: todos lêem a bula.
    erros nelas???? alguns produtos não trazem todas as informações ou as trazem incompletas.

  • orientação ao paciente
    orientações no balcão da farmácia:
    1- conferir com o paciente todo medicamento solicitado, com a respectiva receita;
    2 - orientar o paciente quanto à utilização do medicamento, informando qual a dose a ser administrada, em que horário etc;
    3 - orientar quanto à guarda dos medicamentos em casa.

  • orientações quanto à guarda e utilização de medicamentos em casa:
    guardado em local fresco e arejado, local com temperaturas amenas, sem umidade e com circulação de ar, sem abafamento. sendo assim,  não devemos guardar medicamento no banheiro, que é um local que recebe umidade do banho e não em cima da geladeira, pois, esta recebe o calor do motor .
    crianças em casa ou se o paciente recebe visitas de crianças, eles devem guardar dos medicamentos em local trancado.
    se o paciente comprar vários frascos do mesmo medicamento, deverá abrir uma embalagem de cada vez, não retirando o medicamento da embalagem original, assim preservando o número do lote e validade do  medicamento.
    no caso do medicamento líquido, tomar cuidado para que a boca do frasco não fique suja. se por acaso o líquido escorrer, deve-se limpar o frasco, impedindo que o rótulo se estrague, ficando ilegível.

  • no caso de pomadas e cremes, deve-se limpar o bico da bisnaga, antes de fechá-lo.
    ter sempre atenção ao prazo de validade do medicamento, nunca tomando medicamento vencido, mesmo que tenha vencido há pouco tempo. não ingerir medicamentos com bebidas alcoólicas.

  • não misturar medicamentos, por exemplo,  dois xaropes no mesmo recipiente ou colher, ou dois medicamentos na mesma seringa, a não ser que tenha sido solicitado pelo médico.
    respeitar o horário de administração do medicamento. se é para ser dado de 6/6 horas, não se deve pular o horário da noite ou readaptá-lo à conveniência do paciente. se o paciente perceber alguma alteração de cor, sabor ou precipitação no medicamento, procure orientação e não administre o medicamento.
    suspensão, agitar durante, pelo menos, um minuto e administrar ao paciente em seguida.
    não recolocar o medicamento no frasco.
    usar sempre medidas-padrão, ou seja, as colheres e copos-medida que acompanham os frascos. as colheres o copos caseiros não apresentam exatidão na medida.
    não quebre drágeas nem abra as cápsulas.
    não encostar o frasco de colírio no olho, nem bisnaga de pomada oftálmica.  contamina o medicamento.
    não encostar a bisnaga de pomada ou creme em lesões. retirar parte do medicamento e, então, aplicar no local indicado.
    nunca alterar a dose prescrita. em caso de dúvida, não administrar o  medicamento. procure o farmacêutico ou médico.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail: