Curso Online de Metabolismo dos Carboidratos

Curso Online de Metabolismo dos Carboidratos

Detalhando este metabolismo.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 20 horas


Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Detalhando este metabolismo.

Mestre em alimentos e nutrição. Especialista em nutrição clínica e esportiva, gerontologia e qualidade de vida e metodologia de ensino de biologia e química. Professor de ciências e biologia. Bacharel em bioquímica com ênfase no entendimento de ciências dos alimentos, fitoterapia, nutrição e ensino após cursar disciplinas eletivas referentes a estas áreas e fazer estágios no decorrer da graduação.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Metabolismo dos Carboidratos

  • A glicose ingerida na dieta é transportada do trato gastrointestinal, através da veia porta, para o fígado, antes de ganhar acesso ao sistema circulatório.

    O fígado estoca glicose na forma de glicogênio. Quando o açúcar do sangue aumenta, ele remove a glicose do sangue e a estoca para uso futuro. Por outro lado, libera seus estoques de glicose quando a taxa de açúcar sanguíneo cai. Dessa forma, o fígado atua regulando os níveis de açúcar no sangue que, em geral, refletem a diferença entre a quantidade de glicose liberada na circulação e a quantidade de glicose removida do sangue pelas células corporais.

  • O excesso de glicose é estocado por meio da lipogênese e do glicogênio. Na lipogênese, o carboidrato pode ser convertido em ácidos graxos e estocado em células de gordura (adipócitos) ou na forma de triacilgliceróis. Quando na forma de glicogênio, é estocado no fígado e na musculatura esquelética.
     
    SANTOS, E.C et al. Descomplicando a nutrição: fundamentos, aplicações e inovações na área alimentar. São Paulo : Érica, 2018.

  • Metabolismo energético é definido como o conjunto de reações químicas que se processam no organismo. O conjunto de reações que permitem a formação de moléculas de maior complexidade é denominado anabolismo.

  •  
    Anabolismo A fase do metabolismo (requerente de energia) que concerne a biossíntese dos componentes celulares a partir de precursores pequenos.

    Catabolismo A fase do metabolismo que envolve a produção de energia por meio da degradação das moléculas dos nutrientes.

  • FREIRE, H.P.; SANTOS, M. Bioquímica para estudantes das áreas de Ciências Biológicas e da Saúde. Passos: EDIFESP, 156 p. 2019.
    Todo metabolismo humano é dependente da genética (hereditariedade) e do ambiente proporcionado pelo próprio indivíduo que resultará em saúde ou doença.

  • O metabolismo ocorre por reações de redox (redução e oxidação) para promoção de quebra e síntese de biomoléculas, atendendo às necessidades vitais. As reações oxidativas envolvem desidrogenação, são degradativas e geralmente liberam energia (exergônicas). As reações de síntese formam biomoléculas, e consequentemente absorvem energia (endergônicas).

  • http://www.peb.ufrj.br/cursos/nivelamentobiobio/M%C3%B3dulo%206%20-%20Metabolismo.pdf

  • Glicogênio: também é um polissacarídio de reserva, só que dos animais. É semelhante ao amido, mas contém muito mais ramificações e é mais compacto. Aparece em altas concentrações na forma de grânulos no fígado e também está presente no músculo esquelético. Os grânulos de glicogênio estão sempre associados às enzimas, que promovem sua síntese a partir da glicose e também de enzimas que degradam o glicogênio liberando glicose para atender as necessidades energéticas de todo organismo.

  • Regulação Hormonal estimula ou inibe o metabolismo ex:

    adrenalina estimula a quebra do glicogênio
    insulina inibe a quebra do glicogênio

  • A alimentação e o jejum alternam o metabolismo entre os estados anabólico e catabólico.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Glicólise
  • Ciclo de Krebs
  • Fosforilação Oxidativa
  • Gliconeogênese
  • Insulina e Glucagon
  • Integração do Metabolismo