Curso Online de A FISIOTERAPIA NA OSTEOGÊNESE IMPERFEITA

Curso Online de A FISIOTERAPIA NA OSTEOGÊNESE IMPERFEITA

CURSO VOLTADO PARA ESTUDANTES E PROFISSIONAIS DA AREA DA FISIOTERAPIA MOSTRANDO A IMPORTANCIA DA FISIOTERAOPIA NA OSTEOGENESE IMPERFEITA,...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas


Por: R$ 33,20
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

CURSO VOLTADO PARA ESTUDANTES E PROFISSIONAIS DA AREA DA FISIOTERAPIA MOSTRANDO A IMPORTANCIA DA FISIOTERAOPIA NA OSTEOGENESE IMPERFEITA, CARACTERISTICAS DA DOENÇA E SEU TRATAMENTO

Fisioterapeuta, pós graduada em: Fisioterapia Intensiva em Pediatria e neonatologia. Cursos de extensão em: Ventosaterapia, Ergonomia, Dry Needling, Ventilação Mecãnica em Pediatria, nas áreas de ortopedia, e de pediatria entre outros. APAIXONADA PELA PROFISSÃO, AMO PODER ENSINAR E PASSAR O POUCO QUE SEI. *OS CURSOS SÃO CURSOS COMO INTRODUÇÃO NO ASSUNTO CITADO, COM OBJETIVO DE ENSINAR AO ALUNO SOMENTE O CONTEÚDO TEÓRICO SOBRE O ASSUNTO. SENDO ASSIM, NÃO NOS RESPONSABILIZAMOS E NÃO GARANTIMOS O DESEMPENHO DO ALUNO NA PRÁTICA, POIS A EXECUÇÃO DA PARTE PRÁTICA SOBRE TUDO O QUE O ALUNO APRENDEU ESTUDANDO A TEORIA DURANTE O CURSO, DEPENDERÁ DA HABILIDADE, COMPETÊNCIA E APTIDÃO DE CADA ALUNO.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • A fisioterapia na OSTEOGÊNESE IMPERFEITA(OI)

  • OSTEOGÊNESE IMPERFEITA

  • OSTEOGÊNESE IMPERFEITA

    É um distúrbio congênito e hereditário (Autossômico Dominante e recessivo), no qual os ossos são anormalmente moles e frágeis, devido uma formação anormal de colágeno do tipo 1.

    Além dos ossos, outros tecidos que contém colágeno podem ser anormais como: os dentes, a pele, os tendões e os ligamentos.

  • OSTEOGÊNESE IMPERFEITA

    A Osteogênese imperfeita (OI) é uma doença rara que constitui um grupo de distúrbios hereditários do tecido conjuntivo que afeta a principal proteína das estruturas ósseas que é o colágeno tipo I.

  • ETIOLOGIA

    A OI é decorrente da mutação genética que influencia a síntese do colágeno tipo 1, mas prevalentemente nos genes COL1A1 e COL1A2 nos cromossomos 7 e 17.

    Alteração no colágeno tipo I pode ser transmitida geneticamente por gene autossômico dominante ou recessivo.

  • ETIOLOGIA

    O colágeno tipo 1 é principal proteína da estrutura do osso, cercada por uma matriz mineralizada formada principalmente por cálcio e fósforo.
    Esse minerais proporcionam resistência ao osso, enquanto as fibras de colágeno conferem elasticidade, sendo de extrema importância na mineralização óssea.

  • ETIOLOGIA

    Geralmente a OI do tipo I está associada a diminuição da quantidade de colágeno tipo 1, ao passo que os demais (II, III e IV) estão relacionados com alterações na qualidade do colágeno sintetizados.
    Então, uma alteração qualitativa e quantitativa no colágeno tipo 1 leva a uma inadequada quantidade de matriz óssea, diminuindo a resistência e ocasionando a fragilidade da estrutura.

  • ETIOLOGIA

    A redução da densidade mineral óssea pode resultar de três mecanismos: reabsorção maior do que a formação óssea (aumento no turnover ósseo), imobilizações prolongadas e numerosas e/ou inadequada atividade musculoesquelética.
    Pesquisas realizadas recentemente mostram que as formas autossômicas dominantes de OI seriam causadas por defeitos primários no tipo 1 do colágeno e que as formas autossômicas recessivas seriam causadas pela deficiência de proteínas que se integram com o pró-colágeno tipo 1.

  • CARACTERÍSTICAS CLÍNICAS

    Osteoporose generalizada - Fragilidade óssea;
    Hipermobilidade articular;
    Esclera azulada (pode ou não estar presente);
    Dentes opalescentes (dentinogênese imperfeita);
    Perda auditiva (observada nos casos mais leves);
    Contusões;
    Deformidades esqueléticas secundárias;
    Sudorese excessiva.

  • FRAGILIDADE ÓSSEA

    A acentuada osteopenia ou osteoporose se deve a rarefação de trabéculas ósseas e ao adelgaçamento da cortical dos ossos, promovendo um aspecto tubular dos ossos com diáfises estreitas.
    Essa alteração associada a fraqueza muscular, as imobilizações e a instabilidade articular, prejudica a formação óssea e aumenta a possibilidade de fraturas e deformidades.
    Trata-se de uma característica desenvolvida pela maioria das crianças com OI.

  • ESCLERAS AZULADAS

    São causadas pelo adelgaçamento das camadas que compõem a esclera, deixando a transparente e possibilitando a visualização do plexo coroide.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 33,20
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • A fisioterapia na OSTEOGÊNESE IMPERFEITA(OI)
  • OSTEOGÊNESE IMPERFEITA
  • ETIOLOGIA
  • CARACTERÍSTICAS CLÍNICAS
  • FRAGILIDADE ÓSSEA
  • ESCLERAS AZULADAS
  • DENTINOGÊNESE IMPERFEITA
  • PERDA AUDITIVA PRECOCE
  • FROUXIDÃO LIGAMENTAR
  • DEFORMIDADES ESQUELÉTICAS SECUNDÁRIAS
  • BAIXA ESTATURA
  • INCIDÊNCIA
  • CLASSIFICAÇÃO
  • Tipo I
  • DIAGNÓSTICO
  • FISIOTERAPIA NA OI
  • OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA INTERVENÇÃO FISIOTERAPÊUTICA
  • LACTENTES
  • CRIANÇAS EM IDADE PRÉ-ESCOLAR/ESCOLAR
  • ADOLESCENTES
  • OBJETIVOS DA FISIOTERAPIA
  • REABILITAÇÃO
  • RECURSOS DA FISIOTERAPIA
  • OBJETIVOS DA FISIOTERAPIA
  • CONSIDERAÇÕES FINAIS
  • ARTIGOS PARA LEITURA COMPLEMENTAR
  • Referências Bibliográficas