Curso Online de OSTEOGÊNESE IMPERFEITA(OSSOS DE VIDRO) E SÍNDROME DE WEST

Curso Online de OSTEOGÊNESE IMPERFEITA(OSSOS DE VIDRO) E SÍNDROME DE WEST

CURSO SOBRE OSTEOGÊNESE IMPERFEITA(OSSOS DE VIDRO) E SÍNDROME DE WEST ETIOLOGIA CARACTERÍSTICAS INCIDÊNCIA CLASSIFICAÇÃO DIAGNÓSTICO OBJ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 28,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

CURSO SOBRE OSTEOGÊNESE IMPERFEITA(OSSOS DE VIDRO) E SÍNDROME DE WEST
ETIOLOGIA
CARACTERÍSTICAS
INCIDÊNCIA
CLASSIFICAÇÃO
DIAGNÓSTICO
OBJETIVOS DA FISIOTERAPIA
REABILITAÇÃO
RECURSOS DA FISIOTERAPIA

Formada no curso de fisioterapia. Crítica, admiradora e sempre em busca de conhecimentos CURSOS: urgências e emergências; Raios x; DRY NEEDLING; Semiologia pediátrica; Reabilitação do complexo de ombro; Abordagem fisiotetapêutica em órteses e prótese; VENTILAÇÃO MECÂNICA EM PEDIATRIA; URGÊNCIAS EM PEDIATRIA.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • OSTEOGÊNESE IMPERFEITA (OSSOS DE VIDRO) E SÍNDROME DE WEST

    OSTEOGÊNESE IMPERFEITA (OSSOS DE VIDRO) E SÍNDROME DE WEST

    MILIAN OLIVEIRA

  • OSTEOGÊNESE IMPERFEITA

    OSTEOGÊNESE IMPERFEITA

    É um distúrbio congênito e hereditário (Autossômico Dominante), no qual os ossos são anormalmente moles e frágeis, devido uma formação anormal de colágeno.
    Além dos ossos, outros tecidos que contém colágeno podem ser anormais como: os dentes, a pele, os tendões e os ligamentos.

  • OSTEOGÊNESE IMPERFEITA

    OSTEOGÊNESE IMPERFEITA

    A Osteogênese imperfeita é uma doença rara que constitui um grupo de distúrbios hereditários do tecido conjuntivo que afeta a principal proteína das estruturas ósseas que é o colágeno tipo I.

  • ETIOLOGIA

    ETIOLOGIA

    Alteração no colágeno tipo I e pode ser transmitida geneticamente por gene autossômico dominante ou recessivo.

  • CARACTERÍSTICAS

    CARACTERÍSTICAS

    Hipermobilidade articular;
    Esclera azulada ( pode ou não estar presente);
    Dentes opalescentes ( dentinogênese imperfeita);
    Perda auditiva ( observada nos casos mais leves);

  • INCIDÊNCIA

    INCIDÊNCIA

    A incidência de OI é estimada em 1/20.000-30.000 nascidos vivos.
    Brasil estima-se que em média existem 12.000 portadores de OI.

  • CLASSIFICAÇÃO

    CLASSIFICAÇÃO

    Tipo I   
    transmissão através de um traço autossômico dominante;
    Forma mais leve da doença (poucas incidências de fraturas);
    Subdivide-se em osteogenese do tipo Ia, e tipo Ib onde há, presença de dentinogenese imperfeita;

    Fragilidade óssea.  Rosto de forma triangular.  Esclerótica (parte branca do olho) azulada.  Perda progressiva de audição entre os vinte e os trinta anos.  Escolioses.  Pele delicada.  Dentinogênesis Imperfecta (subtipo I b).  Estatura média. 

  • Fonte: google imagens

  • Tipo II

    É a mais grave e a que tem mais frequência ao nascimento sendo que a sua transmissão é da forma autossômica recessiva.
    Pobre ossificação nos ossos do crânio, presença de escleróticas azuladas;
    Os bebês que nascem com este tipo de O.I. apresentam fraturas mesmo antes de nascerem, braços e pernas pouco desenvolvidos e curvos e têm os ossos extremamente frágeis. Com frequência morrem pouco depois de nascer (uma das razões desta mortalidade prematura são as hemorragias internas que acontecem em consequência das numerosas fraturas). O diagnóstico pré-natal é possível: na ultrassonografia pode-se notar a curvatura dos membros e algumas fraturas. 

  • Tipo III

    É uma forma severa não letal, porém com grau moderado e grave;
    Estas crianças tem como características baixa estatura, fraqueza muscular global, tronco tipo tonel, cifoescoliose, fáceis triangular deformidades dos ossos longos.
    Os portadores deste tipo costumam sofrer fraturas espontâneas. Não é raro encontrar pacientes do tipo III que tenham sofrido mais de vinte fraturas durante os três primeiros anos de vida. Ao chegar à puberdade, a pessoa pode já ter tido mais de cem.
    Apresentam com muita frequência articulações hiperflexíveis e um desenvolvimento muscular fraco.
    O diagnóstico pré-natal pode ser possível através da ultrassonografia. 

  • Google imagens


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 28,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • OSTEOGÊNESE IMPERFEITA (OSSOS DE VIDRO) E SÍNDROME DE WEST
  • OSTEOGÊNESE IMPERFEITA
  • ETIOLOGIA
  • CARACTERÍSTICAS
  • INCIDÊNCIA
  • CLASSIFICAÇÃO
  • DIAGNÓSTICO
  • OBJETIVOS DA FISIOTERAPIA
  • REABILITAÇÃO
  • RECURSOS DA FISIOTERAPIA
  • OBJETIVOS DA FISIOTERAPIA
  • SÍNDROME DE WEST
  • SINONÍMIA
  • INCIDÊNCIA
  • ETIOLOGIA
  • QUADRO CLÍNICO
  • FISIOPATOLOGIA
  • DIAGNÓSTICO
  • DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL
  • EVOLUÇÃO
  • O TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO
  • OBJETIVOS
  • OBRIGADA!!