Curso Online de Segurança Alimentar e Nutricional

Curso Online de Segurança Alimentar e Nutricional

Fala um pouco sobre como utilizar os alimentos com segurança aproveitando bem seus nutrientes.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 2 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 25,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Fala um pouco sobre como utilizar os alimentos com segurança aproveitando bem seus nutrientes.

Formada pela vida...



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • SEGURANCA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

    SEGURANCA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

  • SAN- Seguranca Alimentar e Nutricional

    SAN- Seguranca Alimentar e Nutricional

    Segurança Alimentar : estoques de alimentos em situações de escassez (Primeira GM)

    Insegurança alimentar e nutricional
    Fome X Má nutrição/ Fome oculta
    Obesidade X Desnutrição ?

    Segurança Alimentar: limitada para segurança sanitária

    SAN: garantia de acesso à alimentação e combate a pobreza

    LOSAN (2006) : Segurança Alimentar e Nutricional: ampliada I CNSAN (1994) - II CNSAN (2003)

  • SEGURANCA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

    SEGURANCA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

    A lei Organica Nacional de SAN considera Seguranca Alimentar e Nutricional ( SAN) como a garantia do direito humano fundamental a alimentacão, de qualidade , em quantidade suficiente, de modo regular e permanente, sem comprometer o acesso á cobertura de outras necessidades essenciais, como base em práticas alimentares saudáveis, que respeitem a diversidade cultural e sejam social,economica e ambientalmente sustável.
    (LOSAN, 2006)

  • SAN

    SAN

    A SAN abarca a questao alimentar em toda sua extensão da cadeia produtiva:

    Na producão dos alimentos tem-se que garantir a quantidade suficiente para alimentar a todos;

    No processamento a seguranca alimentar consiste em não permitir a incorporacão nos alimentos de elementos danosos;

    Na comercializacão deve-se garantir a maior acessibilidade possivel dos alimentos a toda populacão e acondicionamento higiênico dos alimentos

  • DHAA é responsabilidade de TODOS e obrigação do Estado  eixo estruturante das políticas públicas

    Promoção da alimentação saudável compete ao setor saúde, mas não exclusivamente, nem a um único profissional  responsabilização trans-setorial e multiprofissional

    Promover a alimentação saudável não é precipuamente “mudar hábitos individuais”  é antes e ao mesmo tempo responsabilidade COLETIVA e, como tal, meta, objetivo e eixo estruturante das políticas públicas

  • SAN

    SAN

    - Lei 11.346/2006 de 15/ 09/ 2006 , cria o SISAN:
    para assegurar o direito humano a alimentacão adequada( DHAA) ; promover e consolidar a Politica Nacional de Seguranca Alimentar e Nutricional.

    SISAN é o Sistema Nacional de Seguranca Alimentar e Nutricional que é constituido pelo conjunto de instituicões públicas e organizacões da sociedade civil que implementam a politica da SAN.

  • CONCEITO DE DHAA

    CONCEITO DE DHAA

    O direito à alimentação adequada é um direito humano inerente a todas as pessoas de ter acesso regular, permanente e irrestrito, quer diretamente ou por meio de aquisições financeiras, a alimentos seguros e saudáveis, em quantidade e qualidade adequadas e suficientes, correspondentes às tradições culturais do seu povo e que garanta uma vida livre do medo, digna e plena nas dimensões física e mental, individual e coletiva.

  • SAN

    SAN

    A Politica Nacional de SAN é executada pela Secretaria Nacional de Seguranca Alimentar e Nutricional –SESAN;
    Para execucão dos diversos programas e acões o MDS oferece transferencia voluntária de recursos não reembolsáveis

  • SISAN

    SISAN

    O SISAN é constituido :
    CONSEA;
    Câmara Interministerial de Seguranca Alimentar e Nutricional;
    Sistemas Estaduais e Municipais da SAN;
    Conferências Estaduais e Municipais da SAN;
    CONSEA estaduais e municipais
    Instância de coordenacão estaduais e municipais;

  • SAN

    SAN

    A LEI N 11.346
    Art.1. Esta lei estabelece as definicões,princípios,diretrizes, objetivos e composicões do SISAN,por meio do qual o poder público, com a participacão da sociedade civil organizada,formulará e implantará políticas,planos, programas e acões com vistas em assegurar o direito humano à alimentacão adequada.

  • SAN

    SAN

    Art. 2 . A alimentacão adequada é direito fundamental do ser humano, inerente à dignidade da pessoa humana e indispensável à realizacão dos direitos da Constituicão.

    Art.3. A SAN consiste na realizacão do direito e todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • SEGURANCA ALIMENTAR E NUTRICIONAL
  • SAN- Seguranca Alimentar e Nutricional
  • SEGURANCA ALIMENTAR E NUTRICIONAL
  • SAN
  • CONCEITO DE DHAA
  • SAN
  • SISAN
  • SAN
  • SISAN
  • ART.9 -DIRETRIZES
  • SISAN
  • CONSEA
  • Então, o que cabe à saúde no contexto da SAN e do DHAA?
  • SAN
  • SISAN / SAN/ DHAA
  • PIAUI
  • REFERENCIA