Curso Online de Segurança Alimentar e Nutricional (SAN)
4 estrelas 6 alunos avaliaram

Curso Online de Segurança Alimentar e Nutricional (SAN)

CAPÍTULO 1 - HISTÓRICO DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL CAPÍTULO 2 - ELEMENTOS CONCEITUAIS DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL C...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 9 horas

De: R$ 50,00 Por: R$ 29,90
(Pagamento único)

Mais de 70 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

CAPÍTULO 1 - HISTÓRICO DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL
CAPÍTULO 2 - ELEMENTOS CONCEITUAIS DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL
CAPÍTULO 3 ? OUTROS CONCEITOS IMPORTANTES
CAPÍTULO 4 ? INSEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL
CAPÍTULO 5 ? POLÍTICA NACIONAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL
CAPÍTULO 6 ? PRINCIPAIS PROGRAMAS E AÇÕES DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL
CAPÍTULO 7 ? CONSELHO NACIONAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL (CONSEA)
CAPÍTULO 8 ? CONFERÊNCIAS DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL
CAPÍTULO 9 ? LEI ORGÂNICA DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL (LOSAN)

-> Graduação em Nutrição pela Faculdade de Nutrição (FANUT) da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) em 2009. -> Mestre em Nutrição pela UFAL na área de Epidemiologia dos Agravos Nutricionais, 2011. -> Doutora em Biotecnologia em Saúde RENORBIO/UFAL, 2018. -> Pós graduada em Gestão Pública de Saúde pela UFAL, 2011. -> Pós graduada em Nutrição Esportiva e Funcional, 2018.


"nao esperava, participar de um curso destinado a me ensinar sobre alimentaçao e saude, e aprender apenas sobre a empresa san."

- Ionara M. Thomaz

- Sharlene Luciane Eskelsen

- Marcia Batista Dos Santos

"o Direito Humano a alimentaçao adequada e saudavel e soberania alimentar de acordo com o artigo 3º da lei nº 11.345 de 15 de setembro de 2006 losan, é um direito de todos. E os objetivos previsto no artigo 6 da constituiçao federal deixa claro que todos tenham acesso alimentaçao."

- Tonia Maria Dantas Leanro

- Clóvis Santos Silva

- Lígia Delayne Maciel Silva

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL (san)

    segurança alimentar e nutricional (san)

    história da san, conceitos, direito humano à alimentação adequada, política nacional de san e ações de san.

    nutricionista: maria eduarda di cavalcanti

  • CAPÍTULO 1 - HISTÓRICO DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

    capítulo 1 - histórico da segurança alimentar e nutricional

  • na idade média aparece pela primeira vez o termo “segurança alimentar”;

    evolução histórica do conceito de segurança alimentar e nutricional em âmbito internacional e no brasil

    volta a ser utilizado na europa na 1ª guerra mundial (1914-1918):

  • com o final da 2ª guerra mundial (1945) e constituição da organização das nações unidas (onu) houve uma tensão política:


    acesso ao alimento de qualidade como um direito humano x deveria ser garantido por mecanismos de mercado (fmi, banco mundial).

  • houve um aumento na produção dos alimentos  como a revolução verde¹  não teve impacto real sobre a fome;

    conseqüências: redução da biodiversidade, menor resistência a pragas, êxodo rural e contaminação do solo e dos alimentos com agrotóxicos.

    ¹ campanha de modernização da agricultura mediante o uso intensivo de máquinas, fertilizantes químicos e agrotóxicos para aumentar a produção, e, conseqüentemente, a humanidade acabaria com a fome. introduziu-se, assim, um modelo agroexportador centrado nas monoculturas, especialmente da soja, eucalipto, cana-de-açúcar e nos transgênicos, que não favorece a autonomia alimentar, ao contrário, agrava a dependência.

  • em 1974, com a conferência mundial da alimentação, a san ficou conhecida como:

    destaque no produto, e não no ser humano!

    problema: garantia do acesso físico e econômico aos alimentos

    houve a intensificação da revolução verde  no brasil, aumento da produção de soja  crescimento do número de famintos e excluídos.

  • agrega-se definitivamente o aspecto nutricional e sanitário ao conceito, que passa a ser denominado segurança alimentar e nutricional.

    década de 80:

    década de 90 - conferência internacional de nutrição
    em roma (1992)

  • em 1996 (cúpula mundial da alimentação, em roma): ocorre a associação do papel fundamental do direito humano à alimentação adequada à garantia da segurança alimentar e nutricional.

  • CAPÍTULO 2 - ELEMENTOS CONCEITUAIS DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

    capítulo 2 - elementos conceituais da segurança alimentar e nutricional

  • Elementos conceituais da SAN

    elementos conceituais da san

    san  é composta por duas dimensões: a alimentar e a nutricional;

    figura 1: interação da dimensão alimentar e da nutricional.

  • suficiente para atender a demanda;
    estável e continuada para garantir a oferta permanente;
    auto-suficiência nacional nos alimentos básicos;
    eqüitativa (etapas do curso da vida e nos diferentes grupos da população);
    sustentável do ponto de vista agroecológico, social, econômico e cultural.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 29,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL (san)
  • CAPÍTULO 1 - HISTÓRICO DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL
  • CAPÍTULO 2 - ELEMENTOS CONCEITUAIS DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL
  • Elementos conceituais da SAN
  • CAPÍTULO 3 – OUTROS CONCEITOS IMPORTANTES
  • O que é Segurança Alimentar e Nutricional?
  • O que é Soberania Alimentar?
  • Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA)
  • Princípios do DHAA
  • 1. Disponibilidade de alimentos
  • 2. Adequação dos alimentos
  • 3. Acessibilidade ao alimento
  • O que é exigibilidade?
  • CAPÍTULO 4 – insegurança alimentar e nutricional
  • Insegurança alimentar e nutricional (IA)
  • Dimensões da IA:
  • Epidemiologia da IA
  • CAPÍTULO 5 – POLÍTICA NACIONAL DE SEGURANÇA alimentar e nutricional
  • O setor saúde na promoção de SAN
  • Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (PNSAN)
  • Princípios da PNSAN
  • Diretrizes da PNSAN
  • CAPÍTULO 6 – PRINCIPAIS PROGRAMAS E AÇÕES DE SEGURANÇA alimentar e nutricional
  • Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura familiar - PAA
  • Programa do leite (Leite Fome Zero)
  • Programa Restaurantes Populares
  • Programa Bancos de Alimentos
  • Feiras e Mercados Populares
  • Programas Cozinhas Comunitárias
  • Programa de Agricultura Urbana
  • Unidades de Beneficiamento e Processamento Familiar Agroalimentar
  • Educação Alimentar e Nutricional
  • Distribuição de Cestas a Grupos Específicos
  • Programa Cisternas
  • CAPÍTULO 7 – CONSELHO NACIONAL DE SEGURANÇA alimentar e nutricional (CONSEA)
  • Conselho Nacional de Seguranca Alimentar e Nutricional (CONSEA)
  • Atribuições do CONSEA
  • Programas acompanhados pelo CONSEA
  • Conselhos Estaduais de Segurança Alimentar e Nutricional
  • CAPÍTULO 8 – CONFERÊNCIAS DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL
  • Conferências Nacionais de Segurança Alimentar e Nutricional
  • Conferências Estaduais de Segurança Alimentar e Nutricional
  • CAPÍTULO 9 – LEI ORGÂNICA DE SEGURANÇA alimentar e nutricional (LOSAN)
  • Referências
  • OBRIGADA!