Curso Online de Prevenção da Doença de Alzheimer

Curso Online de Prevenção da Doença de Alzheimer

Informações sobre saúde cerebral e possível inibição deste tipo de demência.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 20 horas


Por: R$ 23,99
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Informações sobre saúde cerebral e possível inibição deste tipo de demência.

Mestre em alimentos e nutrição. Especialista em nutrição clínica e esportiva, gerontologia e qualidade de vida e metodologia de ensino de biologia e química. Professor de ciências e biologia. Bacharel em bioquímica com ênfase no entendimento de ciências dos alimentos, fitoterapia, nutrição e ensino após cursar disciplinas eletivas referentes a estas áreas e fazer estágios no decorrer da graduação. No final de cada curso não há avaliação. Cursou, aprendeu bastante devido a meu compromisso de oferecer ensino de qualidade, não tem a preocupação e ansiedade em ser avaliado (a) um monte de conteúdos simultaneamente. No certificado é informado o número de dias em que o curso foi cursado e o tanto de horas que ele foi acessado, diante disto, não convém cursar muito rápido e em poucos dias.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • DEFINIÇÃO DA DOENÇA DE ALZHEIMER

    A doença de Alzheimer foi identificada pela primeira vez pelo psiquiatra e neuropatologista alemão Alois Alzheimer, em 1906. É descrita como uma doença que proporciona uma redução do número de neurônios, com diminuição da síntese dos neurotransmissores de uma forma lenta, progressiva e irreversível.

  • Das patologias que acometem os idosos, uma das mais importantes é a demência, especialmente a da doença de Alzheimer, que é caracterizada pelo declínio gradual nas funções cognitivas, mudanças de personalidade e comportamento e diminuição das atividades de vida diária.

  • Atualmente mais de 25 milhões de pessoas são afetadas pela demência, a maioria das quais pela Doença de Alzheimer (DA). Cerca de 5 milhões de novos casos de demência surgem a cada ano. Além disso, estima-se que o número de pessoas com demência duplique a cada 20 anos, e a prevalência de DA entre idosos com mais de 65 anos quase dobre a cada 5 anos (GOES et al., 2014).
    GOES, V. F. ; MELLO-CARPES, PB ; OLIVEIRA, L. O. ; HACK, J. ; MAGRO, M. ; BONINI, J . Avaliação do risco de disfagia, estado nutricional e ingestão calórica em idosos com AlzheimerRevista Latino-Americana de Enfermagem (USP. Ribeirão Preto. Impresso), v. 22, p. 317-324, 2014.

  • A DA corresponde a doença neurodegenerativa progressiva mais prevalente em todo o mundo, requer o estudo de sua fisiopatologia, bem como dos riscos e dos problemas a ela associados.

  • Considerando que a população de idosos no Brasil é de 15 milhões de pessoas, pode ser estimado que aproximadamente 1,1 milhão de pessoas são portadores dessa demência.

  • Alzheimer é uma doença progressiva do cérebro que afeta a memória, pensamento e compreensão da linguagem e julgamento. A progressão da doença começa a interferir com o funcionamento diário, incluindo a capacidade de preparar as refeições ou até mesmo perceber a necessidade de comer.

  • A diminuição da memória todos os dias é o sintoma mais comum de demência. Você pode parar de lembrar informações sobre as atividades recentes podem ser perdidos objetos ou ter dificuldade para planejar tarefas diárias.

  • Esquecer onde você estacionou seu carro ou onde você deixou a chave em curto prazo acontece, porém quando a perda de memória em curto prazo é transformada em longo prazo, pode ser o desenvolvimento da doença de Alzheimer. De acordo com os médicos especialistas 65 é a idade na qual aumenta o risco do surgimento de Alzheimer.

  • Doença de Alzheimer faz parte do grupo de doenças neurológicas que mais atinge a população idosa, com maior prevalência em mulheres.

  • Embora a medicina moderna seja impotente para restaurar a funcionalidade do cérebro, tem havido grandes progressos em mitigar a neurodegeneração ou prevenir sua ocorrência.

  • Os sinais e sintomas são: perda de memória, esquecimentos, confusões, dificuldades de comunicação e irritabilidade. Surgem descuidos com a aparência e a rotina torna-se complicada de ser mantida. Além disso, a alimentação também fica prejudicada, sendo um aspecto que merece muita atenção.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,99
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • DEFINIÇÃO DA DOENÇA DE ALZHEIMER
  • FISIOPATOLOGIA DA DOENÇA DE ALZHEIMER
  • DIAGNÓSTICO DO ALZHEIMER
  • PROBLEMAS PSICOLÓGICOS DE INDIVÍDUOS COM ALZHEIMER
  • DIFICULDADES NA ALIMENTAÇÃO DOS INDIVÍDUOS COM ALZHEIMER
  • PREVENÇÃO DA DOENÇA DE ALZHEIMER
  • DIETA E PREVENÇÃO OU TRATAMENTO DA DOENÇA DE ALZHEIMER
  • DEFINIÇÃO DA DOENÇA DE ALZHEIMER
  • DEMÊNCIA
  • POSSÍVEIS CAUSAS DA DOENÇA DE ALZHEIMER
  • PATOLOGIA DA DOENÇA DE ALZHEIMER
  • ESTRESSE OXIDATIVO E CÉREBRO
  • GLUTAMATO E EXCITOCICIDADE
  • NUTRIÇÃO E DOENÇA DE ALZHEIMER
  • IMPACTOS DA DOENÇA DE ALZHEIMER NO ESTADO NUTRICIONAL
  • TRATAMENTO DA DOENÇA DE ALZHEIMER