Curso Online de Consumo de Corantes Naturais e Melhor Saúde

Curso Online de Consumo de Corantes Naturais e Melhor Saúde

Carotenoides e antocianinas, dentre outros pigmentos naturais, são fundamentais para a saúde.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 15 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Carotenoides e antocianinas, dentre outros pigmentos naturais, são fundamentais para a saúde.

Mestre em alimentos e nutrição. Especialista em nutrição clínica e esportiva, gerontologia e qualidade de vida e metodologia de ensino de biologia e química. Graduado em bacharelado em bioquímica, licenciatura em química e também em biologia. Experiência como professor de ciências, biologia, química, bioquímica e alimentos.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • CONSUMO DE CORANTES NATURAIS E SAÚDE

    Professor Walisson. Licenciado em Biologia e Mestre em Alimentos e Nutrição

  • INTRODUÇÃO

    INTRODUÇÃO

    As cores dos alimentos são determinadas pela presença dos pigmentos.

    Estas substâncias, além de colorir desempenham, frequentemente papéis importantes na prevenção e na proteção do organismo contra doenças infecciosas.

    Uma dieta COLORIDA tem mais chances de ser equilibrada e mais saudável. Desde que os pigmentos sejam NATURAIS.

  • As indústrias de formulação de aditivos alimentícios estão investindo mais em pesquisa e desenvolvimento, para deixar os corantes naturais mais estáveis à luz, diferentes pHs e ao calor, para desenvolver novas aplicações e superar problemas de fornecimento.

    É esforço oriundo da preocupação mundial em relação aos corantes sintéticos, os quais têm vários estudos ao longo dos anos que apontam problemas de alergia e outros malefícios à saúde.

  • Ao final do século XIX, o desenvolvimento da indústria de alimentos levou à produção de inúmeros corantes sintéticos, os quais chegaram a totalizar o número de 700.

    Prevaleceram razões de ordem estética em detrimento da qualidade do produto. Seguiu-se então a formulação de leis para uso destes corantes, com o objetivo de proteger a saúde do consumidor. Assim, no início do século XX, uma lista dos corantes permitidos foi divulgada nos EUA e hoje, apenas sete corantes sintéticos são permitidos.

  • A ênfase na busca por alimentos que contribuem para a obtenção de uma saúde adequada tem aumentado significativamente em todo o mundo, uma vez que a população está cada vez mais ciente da importância das substâncias funcionais, as quais têm por principal característica auxiliar na prevenção das DCNT, além da melhoria da qualidade de vida. Em face disso, o consumo de vegetais se encontra numa crescente, dada as propriedades benéficas que estes possuem.

  • Nos últimos vinte anos, a preocupação dos consumidores com a qualidade dos alimentos vem aumentando, e assim, estabeleceu-se uma tendência cada vez maior de preferência por produtos naturais.

    Com o progresso da ciência e tecnologia, pesquisadores e a população reconhece gradualmente que os pigmentos sintéticos podem induzir doenças, como o câncer. Conseqüentemente, estes são ou serão proibidos em muitos campos de aplicação, em especial na coloração dos alimentos.

  • A formação dos hábitos alimentares começa muito cedo; nos primeiros anos de vida do indivíduo, com a tendência de imitação dos adultos e dos familiares.

    NOS ADULTOS, OS HÁBITOS ALIMENTARES SÃO MAIS DIFÍCEIS DE SEREM MODIFICADOS, POIS FORAM INSTITUÍDOS HÁ MUITO TEMPO. Normalmente, aceitam mudanças apenas por recomendação médica, quando já se encontram doentes. É MUITO IMPORTANTE QUE A EDUCAÇÃO NUTRICIONAL SEJA COMEÇADA NA INFÂNCIA.

  • A falta ou o excesso de nutrientes no organismo podem causar problemas de saúde, tais como desnutrição, anemia, diabete, hipertensão, doenças do coração, excesso de peso ou obesidade, câncer entre outros.

  • Com o aumento de doenças crônicas em jovens, surgiu a preocupação de alertá-los sobre esse fato tão alarmante, pois essas enfermidades que entram nesse grupo eram antigamente encontradas mais frequentemente em pessoas idosas, tornando-se até incomum em pessoas mais jovens.

  • Comportamentos alimentares podem não somente influenciar o estado de saúde presente, como também determinar se mais tarde em sua vida o indivíduo irá desenvolver ou não alguma doença como câncer, doenças cardiovasculares e diabetes.

  • O consumo insuficiente de frutas, legumes e verduras estão entre os dez principais fatores de risco para o aumento da incidência de doenças em todo o mundo.

    Esses alimentos são importantes na composição de uma dieta saudável, pois são fontes de micronutrientes, fibras e de outros componentes com propriedades funcionais.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • INTRODUÇÃO
  • CORANTES NATURAIS
  • ANTOCIANINAS
  • OUTRAS FONTES DE ANTOCIANINAS
  • BIODISPONIBILIDADE DAS ANTOCIANINAS
  • ATIVIDADE ATIOXIDANTE DAS ANTOCIANINAS
  • ATIVIDADE ANTIINFLAMATÓRIA  
  • PREVENÇÃO DE DOENÇAS CARDIOVASCULARES  
  • ATIVIDADE ANTICARCINOGÊNICA
  • ATIVIDADE ANTIDIABETOGÊNICA
  • PREVENÇÃO DE DANOS CEREBRAIS
  • CONSIDERAÇÕES FINAIS SOBRE AS ANTOCIANINAS
  • CURCUMINA
  • CAROTENOIDES
  • ASTAXANTINA
  • LICOPENO
  • LICOPENO E CÂNCER
  • URUCUM
  • PÁPRICA
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS