Curso Online de Especialista em rins
5 estrelas 4 alunos avaliaram

Curso Online de Especialista em rins

O objetivo desse curso é ensinar à anatomia e as funções dos rins,vamos aprender também doenças e como cuidar dos rins,Imagenologia radio...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 20 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O objetivo desse curso é ensinar à anatomia e as funções dos rins,vamos aprender também doenças e como cuidar dos rins,Imagenologia radiológica e muito mais.vamos saber o que fazer para o bom funcionamento do nosso corpo.

Professor das Técnicas Radiológicas, Graduado em Radiodiagnóstico - Técnico e Tecnólogo em Radiologia, primeiros socorros,gestão e organização.


- Keillyson Rennaly Dutra

- Thiago Souza De Oliveira

- Elisângela Batista Vieira

- Sander Cristiano Guimarães Da Costa

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Especialista em rins

    Especialista em rins

  • curso especialista em rins

    curso especialista em rins

    Tiago dos santos

  • CONTEÚDO PROGRAMADO

    CONTEÚDO PROGRAMADO

    Introdução as doenças renais
    1 Anatomia
    1.1 Localização
    1.2 Anatomia macroscópica
    1.3 Vascularização
    1.4 Inervação
    1.5 Anatomia microscópica

    2 Funções dos rins
    3 Fisiologia
    4 Patologia endócrina renal
    4.1 Deficiência Eritropoetina (EPO)
    4.2 Hiperaldosteronimsmo
    4.3 Hipoaldosteronismo

  • CONTEÚDO PROGRAMADO

    CONTEÚDO PROGRAMADO

    Como cuidar dos seus rins e prevenir a doença renal
    Nefrite
    Infecção Urinária
    Cálculo Renal
    Obstrução do trato Urinária
    Insuficiência Renal Aguda

    Insuficiência Renal Crônica
    Tumores Renais
    Nefropatias

  • CONTEÚDO PROGRAMADO

    CONTEÚDO PROGRAMADO

    Imaginologia dos rins

  • Introdução as doenças renais

    Introdução as doenças renais

    O ser humano possui dois rins que têm cor vermelho-escuro e forma de um grão de feijão. Em uma pessoa adulta os rins medem 12cm cada um e pesam 130 a 170g cada um. Localizam-se nas costas um de cada lado da coluna e são protegidos pelas últimas costelas.
    Passam pelo rim aproximadamente 1.200 a 2.000 litros de sangue por dia que chegam através das artérias renais. No interior dos rins, as artérias dividem-se em vasos, cada vez menores, até formarem um enovelado de vasos muito finos que constituem o glomérulo. O glomérulo é o verdadeiro filtro do rim, por onde o sangue passa e é filtrado, eliminando todas as substâncias indesejáveis através da urina. Existem aproximadamente um milhão de glomérulos em cada rim.
    A urina é formada pela eliminação da água desnecessária, dos sais e outros produtos que não devem ser acumulados no nosso sangue. A quantidade diária de urina formada a partir de 1.200 a 2.000 litros de sangue que passam pelo filtro renal, é da ordem de 1,2 a 1,5 litros de urina por dia. Partindo do rim, a urina inicia a sua caminhada para o exterior, descendo pelo ureter, chegando à bexiga e saindo pela uretra. Na urina é eliminado diariamente, além da água, sódio, cálcio, fósforo, uréia, ácido úrico e inúmeros outros produtos do catabolismo do nosso organismo. O trabalho metabólico aproveita o que serve para o organismo e rejeita o que não deve ser assimilado (produto catabólico) e envia ao rim para ser eliminado por ser desnecessário.

  • Anatomia

    Anatomia

    Rim é cada um dos dois órgãos excretores, em forma de feijão (tendo no ser humano, aproximadamente 11 cm de comprimento, 5 cm de largura e 3 cm de espessura). É o principal órgão do sistema excretor e osmoregulador dos vertebrados. Os rins filtram produtos do metabolismo de aminoácidos (especialmente uréia) do sangue, e os excretam, com água, na urina; a urina sai dos rins através dos ureteres, para a bexiga.

    Olá,
    Sou o prof: tiago e vamos aprender tudo sobre os rins ok
    Vamos lá então!

  • Vamos saber agora
    A localização

    Em humanos, os rins estão localizados na região posterior do abdomen, atrás do peritoneo, motivo pelo qual são chamados de órgãos retroperitoneais. Existe um rim em cada lado da coluna; o direito encontra-se logo abaixo do fígado e o esquerdo abaixo do baço. Em cima de cada rim encontramos a glândula suprarrenal.
    Os rins estão, aproximadamente no mesmo nível que as vértebras T12 a L3, sendo que o rim direito localiza-se um pouco mais inferiormente que o esquerdo. O pólo superior de cada rim está encostado na décima primeira e décima segunda costelas e ambos encontram-se envoltos por um coxim de gordura, com finalidade de proteção mecânica.

  • Os rins são duas glândulas da cor vermelha escura colocadas simetricamente ao lado da coluna vertebral, na região lombar. Medem 10cm de largura e pesam cerca de 150gr cada um. O peritoneo membrana serosa que cobre a superficie superior do abdómen, prende-os fortemente contra a parede abdominal. A extremidade supérior de cada rim é coberta por uma glândula edócrina, a glândula suprarrenal.

  • Anatomia macroscópica

    No adulto o rim tem cerca de 11 a 13 cm de comprimento, 5 a 7,5 cm de largura, 2,5 a 3 cm de espessura, com aproximadamente 125 a 170 gramas no homem e 115 a 155 gramas na mulher.
    Cada rim possui a forma de um grão de feijão com duas faces (anterior e posterior), duas bordas (medial e lateral) e dois pólos ou extremidades (superior e inferior). Na borda medial encontra-se o hilo, por onde passam o ureter, artéria e veia renal, linfáticos e nervos. Os rins estão envolvidos em toda sua superfície por um tecido fibroso fino chamado cápsula renal. Ao redor do rim existe um acúmulo de tecido adiposo chamado gordura perirrenal, que por sua vez está envolvida por uma condensação de tecido conjuntivo, representando a fáscia de Gerota ou fáscia renal.

  • Ao corte frontal, que divide o rim em duas partes, é possível reconhecer o córtex renal, uma camada mais externa e pálida, e a medula renal, uma camada mais interna e escura. O córtex emite projeções para a medula denominadas colunas renais, que separam porções cônicas da medula chamadas pirâmides.
    As pirâmides têm bases voltadas para o córtex e ápices voltados para a medula, sendo que seus ápices são denominados papilas renais. É na papila que desembocam os ductos coletores pelos quais a urina escoa atingindo a pelve renal e o ureter. A pelve é a extremidade dilatada do ureter e está dividida em dois ou três tubos chamados cálices maiores, os quais subdividem-se em um número variado de cálices menores. Cada cálice menor apresenta um encaixe em forma de taça com a papila renal.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Introdução as doenças renais
  • 1 Anatomia
  • 1.1 Localização
  • 1.2 Anatomia macroscópica
  • 1.3 Vascularização
  • 1.4 Inervação
  • 1.5 Anatomia microscópica
  • 2 Funções dos rins
  • 3 Fisiologia
  • 4 Patologia endócrina renal
  • 4.1 Deficiência Eritropoetina (EPO)
  • 4.2 Hiperaldosteronimsmo
  • 4.3 Hipoaldosteronismo
  • Como cuidar dos seus rins e prevenir a doença renal
  • Nefrite
  • Infecção Urinária
  • Cálculo Renal
  • Obstrução do trato Urinária
  • Insuficiência Renal Aguda
  • Insuficiência Renal Crônica
  • Tumores Renais
  • Nefropatias
  • Imaginologia dos rins