Curso Online de Interações Medicamentosas

Curso Online de Interações Medicamentosas

Uma introdução ao tema interações medicamentosas, com definições e exemplos atuais. Ideal para estudantes ou profissionais que queiram co...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 12 horas

Por: R$ 90,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Uma introdução ao tema interações medicamentosas, com definições e exemplos atuais. Ideal para estudantes ou profissionais que queiram conhecer e se aprofundar sobre o assunto. Quanto mais informações buscarmos sobre as interações medicamentosas, melhor será nosso trabalho como profissionais de saúde.

Farmacêutico e Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade Federal Fluminense, possui também habilitação em homeopatia.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS

    1

    2012

    INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS

    parceria

  • INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS

    2

    Verano Costa Dutra
    Farmacêutico / Mestre em Saúde Coletiva
    veranocd@yahoo.com.br

    2012

    INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS

  • ÍNDICE

    3

    IMPORTÂNCIA *************************************************************07
    INTRODUÇÃO **************************************************************08
    DEFINIÇÃO *****************************************************************10
    INTERAÇÕES ****************************************************************12
    CLASSIFICAÇÃO ***********************************************************14
    INTERAÇÃO FARMACÊUTICA (OU INCOMPATIBILIDADE) *****************15
    INTERAÇÕES TERAPÊUTICAS ************************************************21
    RECORDANDO *************************************************************22
    INTERAÇÃO FARMACOCINÉTICA ******************************************25
    INTERAÇÕES QUE MODIFICAM A ABSORÇÃO ****************************27
    INTERAÇÕES QUE MODIFICAM A DISTRIBUIÇÃO **************************32
    INTERAÇÕES QUE MODIFICAM A METABOLIZAÇÃO **********************35
    INTERAÇÕES QUE MODIFICAM A EXCREÇÃO *****************************42
    INTERAÇÃO FARMACODINÂMICA ****************************************45

    INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS – veranocd@yahoo.com.br

    ÍNDICE

  • 4

    ÍNDICE

    SINERGISMO ***************************************************************46
    ANTAGONISMO ************************************************************50
    EXEMPLOS DE INTERAÇÕES ************************************************52
    ESTUDO DE CASOS *********************************************************53
    CASO 1: EFEITO DOS ANTIMICROBIANOS SOBRE A EFICÁCIA DOS CONTRACEPTIVOS ORAIS **************************************************54
    CASO 2: SURTO PSICÓTICO PELA POSSÍVEL INTERAÇÃO MEDICAMENTOSA DE SIBUTRAMINA COM FINASTERIDA ***************************************63
    CASO 3: PROBLEMAS COM A UTILIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS – ESTUDO PILOTO EM HOSPITAL PSIQUIÁTRICO DO RIO DE JANEIRO *****************66
    CASO 4: INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS: ANALGÉSICOS, ANTIINFLAMATÓRIOS E ANTIBIÓTICOS *************************************72
    CASO 5: UTILIZAÇÃO DE FITOTERÁPICOS POR IDOSOS: RESULTADOS DE UM INQUÉRITO DOMICILIAR EM BELO HORIZONTE (MG), BRASIL **************82
    CASO 6: INTERAÇÕES ENTRE FÁRMACOS E MEDICAMENTOS FITOTERÁPICOS À BASE DE GINKGO OU GINSENG ************************85
    CASO 7: ANÁLISE DO PERFIL DE AUTOMEDICAÇÃO EM MULHERES IDOSAS BRASILEIRAS *****************************************************************91

    INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS – veranocd@yahoo.com.br

  • 5

    ÍNDICE

    INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS ******************************************97
    MEDIDAS PRÁTICAS PARA EQUIPE DE ENFERMAGEM **********************98
    INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS NO DIA A DIA *************************101
    REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS *******************************************108
    OUTROS CURSOS **********************************************************110
    REVISTA ESPAÇO CIENTÍFICO LIVRE ***************************************111

    INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS – veranocd@yahoo.com.br

  • 6

    INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS – veranocd@yahoo.com.br

    Essa revisão não possui a finalidade de esgotar o assunto, pois ainda existe muito a ser aprendido em relação a interações medicamentosas. Quanto mais informações buscarmos sobre as interações medicamentosas, melhor será nosso trabalho como profissionais de saúde.

  • IMPORTÂNCIA

    7

    De acordo com o Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas (Sinitox), da Fiocruz, em 2005, foram 21.926 ocorrências notificadas de intoxicações por medicamentos, sendo que 5.842 com crianças menores de 5 anos. Grande parte desses casos devem-se à automedicação e principalmente à interação medicamentosa.

    INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS – veranocd@yahoo.com.br

    IMPORTÂNCIA

  • INTRODUÇÃO

    8

    INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS

    Em 1900 um médico dispunha de: 1 analgésico potente, 3 antipiréticos-analgésicos, 1 antiespasmódico (beladona), 1 antimalárico(quinino) e 1 droga cardíaca (digital).
    Cem anos depois, no mercado nacional existem mais de 1.500 fármacos com aproximadamente 5.000 nomes comerciais, apresentados sob cerca de 20.000 formas farmacêuticas e embalagens diferentes.
    E diferente do que se pensa, a utilização de vários e novos medicamentos não garante maior benefício ao paciente, pois junto com as vantagens das possibilidades terapêuticas surge o risco dos efeitos indesejados e das interações medicamentosas.
    Estima-se que para usuários de 2 a 3 medicamentos o percentual seja de 3 a 5% 21, nos que utilizam de 10 a 20 agentes eleva-se para 20%.

    INTRODUÇÃO

  • 9

    INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS

  • DEFINIÇÃO

    10

    INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS

    Podem ser definidas como alterações nos efeitos farmacológicos esperados em decorrência, principalmente, de modificações em sua farmacocinética e/ou farmacodinâmica.

    FARMACOCINÉTICA: É O QUE O CORPO FAZ COM A DROGA.

    FARMACODINÂMICA: É O QUE A DROGA FAZ NO CORPO.

    DEFINIÇÃO

  • 11

    INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS

    Dose da droga
    administrada

    Concentração da droga
    na circulação

    Concentração da droga
    no local de ação

    Efeito farmacológico

    Resposta clínica

    Toxicidade

    Eficácia

    Droga metabolizada ou
    excretada

    Droga nos tecidos
    de distribuição

    DISTRIBUIÇÃO

    ELIMINAÇÃO

    FARMACOCINÉTICA

    FARMACODINÂMICA


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 90,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS
  • ÍNDICE
  • IMPORTÂNCIA
  • INTRODUÇÃO
  • DEFINIÇÃO
  • INTERAÇÕES
  • CLASSIFICAÇÃO
  • INTERAÇÃO FARMACÊUTICA (OU INCOMPATIBILIDADE)
  • INTERAÇÕES TERAPÊUTICAS
  • RECORDANDO
  • INTERAÇÃO FARMACOCINÉTICA
  • INTERAÇÕES QUE MODIFICAM A ABSORÇÃO
  • INTERAÇÕES QUE MODIFICAM A DISTRIBUIÇÃO
  • INTERAÇÕES QUE MODIFICAM A METABOLIZAÇÃO
  • INTERAÇÃO QUE MODIFICAM A EXCREÇÃO
  • INTERAÇÃO FARMACODINÂMICA
  • SINERGISMO
  • ANTAGONISMO
  • EXEMPLOS DE INTERAÇÕES
  • ESTUDO DE CASOS
  • CASO 1: ANTIMICROBIANOS & CONTRACEPTIVOS
  • CASO 2: SURTO PSICÓTICO – SIBUTRAMINA & FINASTERIDA
  • CASO 3: INTERAÇÕES EM HISPITAL PSOQUIÁTRICO
  • CASO 4: ANALGÉSICOS, ANTI-INFLAMATÓRIOS & ANTIBIÓTICOS
  • CASO 5: FITOTERÁPICOS & IDOSOS
  • CASO 6: GINKGO & GISENG
  • CASO 7: AUTOMEDICAÇÃO EM IDOSAS
  • INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS
  • INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS: ENFERMAGEM
  • INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS NO DIA A DIA
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • OUTROS CURSOS
  • REVISTA ESPAÇO CIENTÍFICO LIVRE