Curso Online de Neurologia Infantil

Curso Online de Neurologia Infantil

O curso fala da história da neurologia no Brasil, e das anomalias neurológicas e sindromicas de crianças com pouco tempo de vida.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

De: R$ 50,00 Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Mais de 10 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O curso fala da história da neurologia no Brasil, e das anomalias neurológicas e sindromicas de crianças com pouco tempo de vida.

Formação Pós Graduação Acupuntura- UNICSUL Enfermeira - UNIITALO Técnica de Enfermagem - Cruz Vermelha Instrumentação Cirúrgica - Escola Daticom - Auxiliar de Enfermagem - Colégio Santa Maria



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Neurologia Infantil

  • Noções Básicas Sobre a Especialidade

    Noções Básicas Sobre a Especialidade

    A neurologia é a especialidade da medicina que estuda as doenças estruturais do Sistema Nervoso Central (Composto pelo encéfalo e pela medula espinal) e do Sistema Nervoso Periférico (Composto pelos Nervos e Músculos bem como seus envoltórios que são as meninges)

  • Neurologia no Brasil

    Neurologia no Brasil

    No Brasil, a Neurologia Infantil surgiu em 1945 graças ao pioneirismo do Prof. Antonio Branco Lefèvre, que iniciou a individualização da referida disciplina, salientando as suas particularidades em relação à Neurologia Clínica do adulto.

    Entre 1948 e 1972 (quando ainda não havia residência
    reconhecida de Neurologia Infantil), 51 estagiários, provenientes dos vários estados brasileiros e de países da América Latina, freqüentaram o Serviço de Neurologia Infantil da Divisão de Clínica Neurológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

  • Doença Neurológica/Estrutural

    Doença Neurológica/Estrutural

    Doença Estrutural significa que há uma lesão identificável em nível genético molecular (mutação do material genético-molecular mutação do material genético DNA).
    Bioquímico alteração de uma proteína ou enzima responsável pelas reações químicas que mantém as funções dos tecidos, órgãos ou sistema. Tecidual alteração da natureza histológica ou morfológica própria de cada tecido, órgão ou sistema.
    A associação dos sinais e sintomas neurológicos caracterizam o diagnóstico a que chamamos: diagnóstico sindrômico.

  • Sinais e Sintomas Neurológicos

    Sinais e Sintomas Neurológicos

    São alterações psíquicas (distúrbios da consciência, do comportamento, da atenção); alterações motoras (déficit de força muscular ou paralisias nos diferentes segmentos corporais, distúrbios da coordenação e do equilíbrio, movimentos involuntários, alterações da sensibilidade alterações da função dos nervos do crânio e da face (olfato, visão, movimentos dos olhos, audição, manifestações endócrinas por comprometimento do hipotálamo ou hipófise, que são as áreas do Sistema Nervoso que controlam as glândulas endócrinas (atraso de crescimento, puberdade precoce, diabetes insipidus, e outras);

  • Sinais e Sintomas Neurológicos

    Sinais e Sintomas Neurológicos

    Alterações dependentes da função do sistema nervoso autônomo (cardiovasculares, respiratórias, digestivas, da sudorese, do controle de esfíncters anal e vesical e outras); manifestações devidas ao aumento da pressão intracraniana, em decorrência do aumento de volume de um dos três componentes que ocupam a caixa craniana (tecido cerebral, vasos sangüíneos cerebrais ou líquido cefalorraquidiano), tais como dor de cabeça e vômitos; crises epilépticas, com ou sem convulsões motoras, com ou sem alterações da consciência; manifestações de comprometimento das meninges, principalmente rigidez de nuca.

  • Doenças Neurológicas

    Doenças Neurológicas

    Amiotrofia muscular espinhal - A Amiotrofia muscular espinhal (AME) é uma doença degenerativa de origem genética. É uma das mais comuns do sistema nervoso central e a mais frequente dentre as doenças autossômicas recessivas, com incidência de um para dez mil (1:10.000) nascimentos, estima-se que uma a cada cinquenta pessoas sejam carreadoras da AME.
    Tratamento: Uso de aparelhos ortopédicos

  • Doenças Neurológicas

    Doenças Neurológicas

    Anencefalia- consiste em malformação rara do tubo neural acontecida entre o 16° e o 26° dia de gestação, caracterizada pela ausência parcial do encéfaloe da calota craniana, proveniente de defeito de fechamento do tubo neuraldurante a formação embrionária. Esta é a malformação fetal mais freqüentemente relatada pela medicina.

  • Doenças Neurológicas

    Doenças Neurológicas

    Acefalia ausência da cabeça. É uma malformação muito menos comum que a anencefalia. O fetoacéfalo (sem cabeça) é um gêmeoparasita unido a outro feto completamente intacto. O feto acéfalo tem corpo mas carece de cabeça e de coração; o pescoço do feto está unido ao do gêmeo normal. A circulação do sangue do feto acéfalo é proporcionada pelo coração do irmão.

  • Doenças Neurológicas

    Doenças Neurológicas

    Agenesia de corpo caloso (ACC) é uma má formação congênita que se caracteriza pela ausência (agenesia) do corpo caloso, com o aumento significativo dos cornos occipitais. Acomete de uma a três crianças a cada mil nascimentos.

  • Doenças Neurológicas

    Doenças Neurológicas

    Braquicefalia ou braquiocefalia ocorre Os ossos parietais formam as partes superior e laterais do crânio. Uma de suas variantes é a de quando a sutura coronal se funde prematuramente, causando um encurtamento longitudinal (de adiante para atrás) do diâmetro do crânio. A sutura coronal é uma junta fibrosa que une o osso frontal com os dois ossos parietais do crânio. Deformação cranial que provoca um aplainamento uniforme na zona posterior do crânio descrevendo uma cabeça larga e lateralmente curta. Esta deformação costuma ser produto de uma postura prolongada numa só posição.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Noções Básicas Sobre a Especialidade
  • Neurologia no Brasil
  • Doença Neurológica/Estrutural
  • Sinais e Sintomas Neurológicos
  • Doenças Neurológicas
  • Diagnóstico de Enfermagem
  • Prescrição de Enfermagem
  • Medicações Utilizadas
  • Associações e Atendimentos
  • Referências Bibliograficas