Curso Online de Saúde do Idoso

Curso Online de Saúde do Idoso

Hábitos saudáveis que contribuem pela melhor qualidade de vida do idoso.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 50 horas

De: R$ 50,00 Por: R$ 32,99
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Hábitos saudáveis que contribuem pela melhor qualidade de vida do idoso.

Mestre em alimentos e nutrição. Especialista em nutrição clínica e esportiva, gerontologia e qualidade de vida e metodologia de ensino de biologia e química. Graduado em bacharelado em bioquímica, licenciatura em química e também em biologia. Experiência como professor de ciências, biologia, química, bioquímica e alimentos.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Saúde do Idoso

    Saúde do Idoso

    Especialista em Gerontologia e Qualidade de Vida Professor Walisson

  • INTRODUÇÃO

    INTRODUÇÃO

    Pesquisas mostram que o principal fator determinante do potencial de longevidade é a nutrição adequada. A qualidade da alimentação está diretamente associada à qualidade de vida do indivíduo e a menor incidência de doenças. O desequilíbrio nutricional no idoso está relacionado ao aumento da mortalidade, um risco aumentado de desnutrição, à susceptibilidade a infecções e à redução da qualidade de vida.

  • A alimentação e a nutrição integram os principais fatores ambientais modificáveis do estilo de vida com potencial de interferência na modulação metabólica do processo de envelhecimento, o que é de grande relevância para a prevenção e o tratamento das doenças.

  • A nutrição encontra-se entre os principais fatores capazes de propiciar a qualidade de vida e a longevidade. As várias mudanças decorrentes do processo de envelhecimento podem ser diminuídas com uma alimentação adequada e balanceada.

  • O envelhecimento mundial é fato incontestável no século XXI. Este fato gera maior necessidade em aprofundar a compreensão sobre o papel da nutrição na promoção e manutenção da saúde, independência e autonomia dos idosos.

  • Espera-se que, em 2030, a população com mais de 65 anos, dobre de 36 para 72 milhões, aumentando de 12,5% para 20% da população.

  • Nas três últimas décadas observou-se um aumento de 85,5% de pessoas com a idade de 65 anos ou mais e de 225% na população de 85 anos ou mais. Isso devido, principalmente, aos avanços da medicina e às alterações no estilo de vida dos indivíduos.

  • No início do século XX, a média da expectativa de vida ao nascer era cerca de 47 anos, passando para cerca de 78 anos no início do século XXI.


  • Nunca antes na história da humanidade, os países haviam registrado um contingente tão elevado de idosos em suas populações. Os avanços da medicina e as melhorias nas condições gerais de vida da população repercutem no sentido de aumentar a média de vida do brasileiro. A expectativa de vida ao nascer, que era de 45,5 anos de idade em 1940, passou para 72,7 anos em 2008, ou seja, mais 27,2 anos de vida.

  • O crescimento da população de idosos é explicado por especialistas por meio da queda da taxa de fecundidade aliada à queda da taxa de mortalidade, consequência do avanço da medicina que, além de combater as epidemias que ceifavam vidas jovens, pôde (e poderá cada vez mais) controlar doenças crônicas.

  • A expectativa de vida em 1940 era de 40,5 anos; em 2007 era de 70,4 anos, e as estimativas para 2050 são de 81,3 anos.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 32,99
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • SAÚDE DO IDOSO
  • INTRODUÇÃO
  • DIFICULDADES NA ALIMENTAÇÃO DOS IDOSOS
  • ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL DOS IDOSOS
  • RADICAIS LIVRES
  • RELAÇÃO ENTRE ESTRESSE OXIDATIVO E ENVELHECIMENTO
  • ESTUDO CORRELACIONANDO ESTRESSE OXIDATIVO, DOENÇAS E ENVELHECIMENTO
  • ANTIOXIDANTES
  • ATIVIDADE FÍSICA E ESTRESSE OXIDATIVO
  • IDOSOS E PRÁTICAS DE ATIVIDADE FÍSICA
  • ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
  • CAROTENOIDES
  • POLIFENÓIS
  • VITAMINA C
  • VITAMINA E
  • ENCURTAMENTO DOS TELÔMEROS
  • OSTEOPOROSE
  • CLIMATÉRIO E MENOPAUSA
  • ASPECTOS COGNITIVOS DOS IDOSOS
  • ALIMENTAÇÃO E DOENÇA DE ALZHEIMER
  • RESTRIÇÃO CALÓRICA
  • SARCOPENIA
  • GINKGO BILOBA
  • FIBRAS
  • CRUCÍFERAS
  • CAPSAICINA
  • GENGIBRE
  • PEIXES
  • AMENIZAÇÃO DO ENVELHECIMENTO: EFEITOS PROTETORES DOS ALIMENTOS FUNCIONAIS E DOS ANTIOXIDANTES
  • SISTEMA IMUNE
  • IMUNOSSENESCÊNCIA
  • ENVELHECIMENTO BEM SUCEDIDO
  • CONSIDERAÇÕES FINAIS