Curso Online de Principais Pragas na Bananeira

Curso Online de Principais Pragas na Bananeira

Vamos estudar um pouco sobre uma das cultura mais consumidas no Mundo, que é a Cultura da Banana.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 2 horas

Por: R$ 29,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Vamos estudar um pouco sobre uma das cultura mais consumidas no Mundo, que é a Cultura da Banana.

Técnico Agropecuária pela IFPB - Sousa-PB, Estudante de Agronomia UFCG. Gerente Administrativo na Empresa Fazenda Bebida Velha-Touros-RN. Atuando na área de Avicultura de corte. Com experiência consolidada nas áreas de defensivos agrícolas, fertilizantes, máquinas e implementos, receituário agronômico e atuação nas Culturas de Milho, Algodão, Soja, Girassol. E atua nas seguintes linhas de pesquisa: Conservação de Recursos Naturais Renováveis, Uso da Terra e Zoneamento Ambiental.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Pragas de Bananeira

    Rony Lourenço de Oliveira

  • Bom dia meus caros alunos. Na aula de hoje nós vamos falar sobre a cultura da banana que é uma das frutas mais consumidas no Mundo.

    Bom dia meus caros alunos. Na aula de hoje nós vamos falar sobre a cultura da banana que é uma das frutas mais consumidas no Mundo.

  • A cultura da banana é explorada na maioria dos países tropicais como o Equador, Costa Rica e Colômbia que concentram 83% das exportações mundiais.

    A cultura da banana é explorada na maioria dos países tropicais como o Equador, Costa Rica e Colômbia que concentram 83% das exportações mundiais.

    No Brasil os estados da Bahia, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Pernambuco são
    os maiores produtores nacionais, sendo o estado de São Paulo o que mais se destaca com
    quarenta e nove mil hectares plantados e o valor de produção gira em torno de R$ 430
    milhões de reais.

  • Mas em algumas regiões do Brasil produtores vêm enfrentando sérios problemas com pragas com perdas de até 80% na produção de banana.

    Mas em algumas regiões do Brasil produtores vêm enfrentando sérios problemas com pragas com perdas de até 80% na produção de banana.

  • Pessoal, nesta aula nós iremos aprender quais são as principais pragas da cultura da banana e os seus danos, saber quando devemos controlá-las e de que forma devemos realizar este controle. Preparados? Papel e caneta na mão por que vamos começar pela praga mais importante que nesse caso é o moleque-da-bananeira. Antes porém nós iremos conhecer as partes da bananeira para ficar mais fácil compreender o ataque dos insetos.

  • Amigos, a bananeira possui um caule subterrâneo cheio de escamas, chamado rizoma, que é o verdadeiro e único caule da bananeira. Aquela parte verde que vemos e que aparenta ser o caule é, na realidade, um conjunto de camadas das folhas, umas dentro das outras, que brotam do rizoma dando origem ao pseudocaule, ou seja, o falso caule.

    Amigos, a bananeira possui um caule subterrâneo cheio de escamas, chamado rizoma, que é o verdadeiro e único caule da bananeira. Aquela parte verde que vemos e que aparenta ser o caule é, na realidade, um conjunto de camadas das folhas, umas dentro das outras, que brotam do rizoma dando origem ao pseudocaule, ou seja, o falso caule.

  • Pois, então, é a partir desse caule subterrâneo que nasce uma nova planta. Outra parte muito importante da bananeira meus amigos é o coração que é revestido por brácteas que são folhas modificadas e que envolvem as flores.

    Pois, então, é a partir desse caule subterrâneo que nasce uma nova planta. Outra parte muito importante da bananeira meus amigos é o coração que é revestido por brácteas que são folhas modificadas e que envolvem as flores.

  • Agora já que nós estamos sabendo um pouco mais sobre a bananeira nós vamos retornar a principal praga dessa cultura que é o moleque-da-bananeira. Esses insetos são de cor preta e sua boca é semelhante a um bico sendo que uma característica muito importante dele é que quando está encurralado se finge de morto.

    Agora já que nós estamos sabendo um pouco mais sobre a bananeira nós vamos retornar a principal praga dessa cultura que é o moleque-da-bananeira. Esses insetos são de cor preta e sua boca é semelhante a um bico sendo que uma característica muito importante dele é que quando está encurralado se finge de morto.

  • Amigos, os adultos do moleque da bananeira gostam muito de ficar nos locais úmidos e sombreados junto a touceiras, entre as bainhas das folhas e em restos culturais. Também possuem hábito gregário que é quando o inseto anda em grupos, além disso, preferem sair à noite.

    Amigos, os adultos do moleque da bananeira gostam muito de ficar nos locais úmidos e sombreados junto a touceiras, entre as bainhas das folhas e em restos culturais. Também possuem hábito gregário que é quando o inseto anda em grupos, além disso, preferem sair à noite.

  • As aberturas feitas pelo moleque da bananeira no rizoma serve de porta entrada para fungos como “Mal do Panamá”.

    As aberturas feitas pelo moleque da bananeira no rizoma serve de porta entrada para fungos como “Mal do Panamá”.

  • Como consequência do ataque do moleque nas plantas de banana, ocorre um amarelecimento das folhas, com posterior secamento das mesmas e morte do broto devido à destruição da gema apical, ocorre também à queda da produção, os frutos perdem tamanho e peso.

    Como consequência do ataque do moleque nas plantas de banana, ocorre um amarelecimento das folhas, com posterior secamento das mesmas e morte do broto devido à destruição da gema apical, ocorre também à queda da produção, os frutos perdem tamanho e peso.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 29,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Bom dia meus caros alunos. Na aula de hoje nós vamos falar sobre a cultura da banana que é uma das frutas mais consumidas no Mundo.
  • A cultura da banana é explorada na maioria dos países tropicais como o Equador, Costa Rica e Colômbia que concentram 83% das exportações mundiais.
  • Mas em algumas regiões do Brasil produtores vêm enfrentando sérios problemas com pragas com perdas de até 80% na produção de banana.
  • Amigos, a bananeira possui um caule subterrâneo cheio de escamas, chamado rizoma, que é o verdadeiro e único caule da bananeira. Aquela parte verde que vemos e que aparenta ser o caule é, na realidade, um conjunto de camadas das folhas, umas dentro das outras, que brotam do rizoma dando origem ao pseudocaule, ou seja, o falso caule.
  • Pois, então, é a partir desse caule subterrâneo que nasce uma nova planta. Outra parte muito importante da bananeira meus amigos é o coração que é revestido por brácteas que são folhas modificadas e que envolvem as flores.
  • Agora já que nós estamos sabendo um pouco mais sobre a bananeira nós vamos retornar a principal praga dessa cultura que é o moleque-da-bananeira. Esses insetos são de cor preta e sua boca é semelhante a um bico sendo que uma característica muito importante dele é que quando está encurralado se finge de morto.
  • Amigos, os adultos do moleque da bananeira gostam muito de ficar nos locais úmidos e sombreados junto a touceiras, entre as bainhas das folhas e em restos culturais. Também possuem hábito gregário que é quando o inseto anda em grupos, além disso, preferem sair à noite.
  • As aberturas feitas pelo moleque da bananeira no rizoma serve de porta entrada para fungos como “Mal do Panamá”.
  • Como consequência do ataque do moleque nas plantas de banana, ocorre um amarelecimento das folhas, com posterior secamento das mesmas e morte do broto devido à destruição da gema apical, ocorre também à queda da produção, os frutos perdem tamanho e peso.
  • Pode ocorrer também o tombamento das plantas devido à ação dos ventos e peso dos cachos.
  • Amigos, nós temos um outro besouro bicudo que parece com o moleque da bananeira, ele se chama de falso moleque da bananeira.
  • Pessoal, outra praga que nós vamos falar é o tripes-da-ferrugem-dos-frutos que são insetos pequenos e de coloração escura quando adultos e amarelos quando filhotes.
  • Pessoal, vamos falar agora da traça da bananeira que é uma lagarta de uma mariposa pequena de coloração amarelada que põem seus ovos nas flores da bananeira.
  • Pessoal, dos ovos saem as lagartas da traça da bananeira que tem a cor branco-suja ou amarelada que atacam a lateral dos frutos da banana e as almofadas das pencas.
  • Em alta população a lagarta da traça da bananeira pode atacar o pseudocaule, fazendo galerias, o que reduz a produtividade e pode até mesmo ocasionar a queda da planta de bananeira.
  • Amigos, a abelha cachorro também pode atacar as plantas de banana. Como em outras culturas, a abelha cachorro ataca as flores destruindo-as, bem como as quinas das bananas ainda verdes, ficando marcas enegrecidas como se tivesse cortado as quinas das bananas com alicate, diminuindo o valor para comercialização.
  • Pessoal, as plantas de banana também são atacadas por pulgões. Os pulgões das bananas são pretos e vivem em grandes colônias.
  • Os pulgões sugam a seiva das plantas de banana, o que pode reduzir a produtividade quando a planta está intensamente atacada. Ocasionam clorose foliar e deformação das folhas.
  • O ataque de pulgão também ocasiona formação de fumagina, uma substancia preta sobre as folhas, o que reduz ainda mais a produtividade das plantas de banana.
  • Nós temos uma outra praga que pode atacar o pseudocaule da bananeira, nós estamos falando da lagarta Castnia. A lagarta tem cor branco-leitosa, cabeça marrom-avermelhada, mede 9 cm de comprimento e constrói a câmara pupal dentro do pseudocaule.
  • As lagartas da Castnia inicialmente se alimentam dos tecidos das bainhas foliares. Depois ataca o pseudocaule, saindo uma exudação da ferida ocasiona por esta praga. Com isso, a planta de bananeira fica fraca e pode cair com o vento.
  • Amigos, existem lindas borboletas e mariposas que visitam o nosso bananal
  • Meus amigos, finalmente a última praga que ataca as lavouras de banana. Nós estamos falando dos ácaros. Eles são pequenos, mas visíveis a olho nu e são capazes de fazer teia, pois são parentes distantes das aranhas. Os ácaros ficam na face debaixo das folhas e mais próximos à nervura principal da folha. Podem ocorrer altas populações de ácaros em períodos do ano ou em regiões onde se tem baixa umidade relativa do ar. Como em outras culturas, o ataque dos ácaros resulta em pontuações amareladas nas folhas e com o aumento do ataque as lesões vão ficando pretas e pode até mesmo chegar a secar a folha. Quando se tem muito ácaro, eles podem até mesmo atacar as bananas, ou seja, os frutos.
  • Referências consultadas ou indicadas