Curso Online de CONSTRUÇÕES E INSTALAÇÕES RURAIS PARA AGRICULTORES FAMILIARES
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de CONSTRUÇÕES E INSTALAÇÕES RURAIS PARA AGRICULTORES FAMILIARES

Este curso aborda o dimensionamento e as construções e instalações rurais para as principais espécies animais, bem como conceitos sobre c...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso aborda o dimensionamento e as construções e instalações rurais para as principais espécies animais, bem como conceitos sobre construções rurais; para pequenos produtores rurais.

Engenheiro Agrônomo (UFRPE), Especialista em Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável (UNINTER), Especialista em Educação Ambiental e Sustentabilidade (UNINTER) e Técnico em Edificações (CEFET/PE) - Experiência profissional em: Planejamento Ambiental (Planos e Projetos), Planejamento Rural (Projetos Agropecuários), Assistência Técnica e Extensão Rural, Agricultura Familiar, Cooperativismo e Associativismo, Projetos de Costruções e Instalações Rurais, Avaliação de Imóveis Rurais (Laudos Técnicos), Economia Solidária e Desenvolvimento Rural Sustentável. Tendo atuado nas áreas citadas durante 25 anos através de Entidades Públicas, Privadas e Organizações Não Governamentais.


- Wagner Danielli

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • CONSTRUÇÕES E INSTALAÇÕES RURAIS PARA AGRICULTORES FAMILIARES

    Janilson barros do amaral
    Engenheiro agrônomo

    CONSTRUÇÕES E INSTALAÇÕES RURAIS PARA AGRICULTORES FAMILIARES

  • 1 - conceitos

    1 - conceitos

    1.1 - Argamassa: É uma mistura de um material chamado de aglutinante, mais um agregado, mais água
    Argamassa = aglutinante + agregado + água
    Exemplo: cimento + areia + água

    Tipos de Argamassa: Simples e Composta
    Argamassa Simples: Possui apenas um material aglutinante
    Exemplo: cimento + areia + água
    Argamassa Composta: Possui mais de um material aglutinante
    Exemplo: cimento + cal + areia + água

    Representação de uma Argamassa: É representada por dois números, onde o primeiro representa a quantidade de partes do aglutinante, e o segundo, do agregado

  • 1 – conceitos (continuação)

    1 – conceitos (continuação)

    Exemplo: Argamassa traço 1 : 3 de cimento e areia (uma parte do aglutinante = cimento e três partes do agregado = areia)

    Exemplo: Argamassa traço 1 : 3 : 2 de cimento, areia e saibro (uma parte do aglutinante = cimento, três partes do agregado areia e três parte do agregado saibro)

    OBS: Quanto menos parte do agregado tiver, em relação ao aglutinante, a argamassa é mais resistente

    Exemplo: Argamassa de cimento e areia traço 1 : 3 é mais resistente do que a argamassa de cimento e areia traço 1 : 4, pois possui menos parte do agregado (areia), em relação ao aglutinante (cimento)

  • 1 – conceitos (continuação)

    1 – conceitos (continuação)

    1.2 - Concreto: É uma mistura de cimento, areia e pedra, com adição de água

    Tipos de Concreto: Simples e Armado
    Concreto Simples: Mistura de cimento, areia e pedra, com adição de água
    Concreto Armado: Concreto simples com armação de ferro

    OBS: Se colocarmos, no concreto, algumas pedras grandes (pedra de mão) e resistentes, temos o Concreto Ciclópico que é mais econômico. Geralmente a proporção de pedra de mão no Concreto Ciclópico é de 30%

    Representação de um Concreto: É representado por três números, onde o primeiro representa a quantidade de partes do aglutinante (cimento); o segundo, de areia e o terceiro de pedra

  • 1 – conceitos (continuação)

    1 – conceitos (continuação)

    Exemplo: Concreto Simples traço 1 : 3 : 6 de cimento, areia e pedra (brita). Uma parte do aglutinante = cimento, três partes do agregado = areia e seis partes de pedra (brita)

    1.3 – Considerações sobre componentes para Argamassa e Concreto:

    Cimento: É fornecido em sacos de 50kg e deve ser novo e de boa qualidade. Deve ser armazenado de forma que não entre em contato direto com o solo nem com as paredes laterais, pois absorve umidade, tornando – se empedrado. Em área coberta deve ser empilhado sobre estrado de madeira e em área descoberta, deve ser envolvido com lona ou plástico

    Areia: Deve ser limpa, sem terra e folhas, e acondicionada em local seco. Deve ser sempre peneirada para retirar qualquer elemento estranho. É geralmente proveniente de margens ou leitos dos rios

  • 1 – conceitos (continuação)

    1 – conceitos (continuação)

    Deve – se usar, de preferência, areia seca, senão terão que ser feitas correções no cálculo da quantidade de água. A areia é classificada em três tipos: grossa, média e fina. As areias grossa e média são geralmente usadas em concreto e onde se deseja textura rústica, como chapiscos e emboços externos. A areia fina fornece superfícies mais lisas e regulares

    Brita: É o material obtido pela trituração da rocha. A brita é classificada, segundo o diâmetro médio dos grãos, em:
    Brita nº 0 = 9,7 a 9,8mm
    Brita nº 1 = 9,9 a 18mm
    Brita nº 2 = 18 a 24mm
    Brita nº 3 = 25 a 50mm

    Pedra de Mão: É a pedra bruta, de forma e dimensões irregulares, chamada também de Pedra Marroada. É usada em fundações de pedra

  • 1 – conceitos (continuação)

    1 – conceitos (continuação)

    Seixo Rolado: É o material encontrado fragmentado na natureza, nos fundos dos leitos e dos rios. Em algumas regiões é de fácil obtenção e é usado em substituição à brita

    Saibro: É um material argiloso encontrado no solo e que, misturado aos demais, dá plasticidade e consistência à argamassa

    Cal: A cal é fornecida em pasta e em pó, e deve ser peneirada, isenta de impurezas e ter coloração branca

    Água: Deve ser pura e limpa, de preferência potável

  • 1 – conceitos (continuação)

    1 – conceitos (continuação)

    1.4 – Traços de Argamassa e suas finalidades
    Tabela 1

  • 1 – conceitos (continuação)

    1 – conceitos (continuação)

    1.5 – Traços de Concreto e suas finalidades
    Tabela 2

  • 1 – conceitos (continuação)

    1 – conceitos (continuação)

    1.6 – Traços de argamassas para revestimento
    Tabela 3

  • 1 – conceitos (continuação)

    1 – conceitos (continuação)

    1.7 – Traços de argamassas para assentamento
    Tabela 4


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • CONSTRUÇÕES E INSTALAÇÕES RURAIS PARA AGRICULTORES FAMILIARES
  • 1 - conceitos
  • 1 – conceitos (continuação)
  • 2 – cERCAS
  • 2 – cERCAS (continuação)
  • 3 – Construções e instalações para bovinos de leite
  • 3 – Construções e instalações para bovinos de leite (CONTINUAÇÃO)
  • 3 – Construções e instalações para bovinos de LEITE (CONTINUAÇÃO)
  • 3 – Construções e instalações para bovinos de leite (CONTINUAÇÃO)
  • 4 – Construções e instalações para bovinos de corte
  • 4 - Construções e instalações para bovinos de corte (CONTINUAÇÃO)
  • 5 – Construções e instalações para CAPRINOS de leite
  • 5 – Construções e instalações para CAPRINOS de leite (continuação)
  • 6 – Construções e instalações para CAPRINOS E OVINOS de CORTE
  • 6 – Construções e instalações para CAPRINOS E OVINOS de CORTE (CONTINUAÇÃO)
  • 7 – Construções e instalações para SUÍNOS
  • 7 – Construções e instalações para SUÍNOS (CONTINUAÇÃO)
  • 8 – Construções e instalações para GALINHA CAIPIRA de postura
  • 8 – Construções e instalações para GALINHA CAIPIRA de postura (CONTINUAÇÃO)
  • 9 – Bibliografia consultada
  • 9 – Bibliografia consultada (CONTINUAÇÃO)