Curso Online de Educação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável
4 estrelas 8 alunos avaliaram

Curso Online de Educação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável

O objetivo da educação ambiental é desenvolver nas pessoas a consciência dos problemas ambientais e estimulá-las a tentar buscar soluções...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 30 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O objetivo da educação ambiental é desenvolver nas pessoas a consciência dos problemas ambientais e estimulá-las a tentar buscar soluções para estes problemas. Não é um processo fácil e nem rápido, já que nem todas as pessoas têm consciência de que elas mesmas podem estar prejudicando o ambiente (jogando lixo nas ruas, por exemplo) e, muitas vezes, não veem motivos para se preocupar. Mas com um pouco de boa vontade, tanto dos educadores como da população, a educação ambiental pode trazer bons resultados.
O desenvolvimento sustentável visa o bem-estar das pessoas, não se preocupando exclusivamente com a produção. Prega o uso da criatividade das pessoas para a realização de seus trabalhos e para melhorar sua capacidade de resolver problemas.
O desenvolvimento tem que ser adaptado ao ambiente, à cultura, aos sistemas dos locais onde ele acontece. Graças a estes fatores, o desenvolvimento pode ser bem ou mal sucedido em determinada região. Dentre as características do desenvolvimento bem sucedido, destacam-se o uso de recursos renováveis, o uso eficiente de recursos naturais, o desenvolvimento na área rural, etc.
Além disso, o desenvolvimento também deve apresentar equidade, ou seja, ser "razoavelmente" justo. As pessoas mais pobres devem entender (ou pelo menos, tentar entender) que alguns são mais ricos que outros, mas devem se motivar a trabalharem e a serem recompensadas pelo modelo econômico. Se isso não acontecer, pode ser que elas se revoltem ou se recusem a ajudar. Toda essa temática será abordada neste curso;
Bons estudos.

Graduação em Pedagogia Pós Graduação em Pedagogia Cursos de Especialização nas áreas da Quimica, Educação Ambiental, Biologia, Informática.


- Thiago Ferraz Nogueira

- Alexandra Almeida Mattos

- Ana Clara Rosa Leite Fontanari Dos Santos

- Jaqueline Das Dores Fernandes Alves

- Edineia Da Silva Santos

- Florisvaldo Leite Silva

- Neuza Brito Cerqueira

"O "curso. foi todo baseado em textos, não tendo nenhum exercício de fixação ou avaliação."

- José Carlos De Araújo

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • 29 HORAS

    30 HORAS

    EDUCAÇÃO AMBIENTAL
    E DESENVOLVIMENTO
    SUSTENTÁVEL

    30 HORAS

  • AMBIENTE

  • Conceitos Básicos

    Como ponto de partida para esta jornada de estudos em formação ambiental, é necessário estabelecer o cenário onde estarão estruturados os conhecimentos oferecidos ao longo do curso. Assim, nesta disciplina de introdução serão abordados conceitos e marcos de referência internacionais e nacionais - históricos e ambientais - como apoio ao desenvolvimento de nossas atividades nos próximos meses de estudo.
    O primeiro conceito que trazemos à reflexão é Ambiente ou Meio Ambiente.

  • Um pouco de história...

    Uma discussão recorrente a respeito do termo meio ambiente é a suposta redundância que existe entre  ambos os termos: a palavra meio significa o mesmo que ambiente.
    O motivo desta reiteração obedece razões históricas, já que, durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano (Estocolmo, 1972), a imprecisão semântica das traduções do inglês acabou por gerar o termo meio ambiente como de uso comum, em vez de se utilizar somente um deles (ou meio ou ambiente).

  • Mas, o que é ambiente?

    Todos nós, certamente, possuímos uma definição de ambiente (ou meio ambiente) que vem sendo construída a partir de leituras, conversas, vivências ou mesmo no exercício de nossas atividades profissionais.
    Será que existe um conceito certo ou um conceito errado de ambiente? Com essa questão iniciaremos nosso processo de reflexão conjunta nesta disciplina.
    Iniciamos esse caminho a partir da construção de relações conceituais entre cinco elementos com alto grau de interdependência:
    - Ambiente; - Ambiente e Abordagem Sistêmica; - Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; - Ambiente e Educação Ambiental; - Ambiente e Participação.

  • Neste momento inicial, mantenha atenção redobrada sobre esses primeiros conceitos, pois cada um irá requisitar e complementar o entendimento dos outros conceitos estudados.
    O importante será exercitar a capacidade de compreender e analisar as questões ambientais de maneira integrada e relacional permitindo que, na hora de atuar sobre elas com os conhecimentos técnicos trazidos pelo Curso, esteja amadurecida uma forma renovada de realizar essa aplicação.

  • Ambiente

    O conceito de ambiente, ou meio ambiente, está em constante processo de construção. É possível encontrarmos diferentes definições para esse termo que, de acordo com o momento de sua elaboração, ora o restringe, ora o amplia.
    Segundo a FEEMA (1990) e o IBAMA (1994), existem diversas definições de meio ambiente. Estas estão apresentadas no quadro a seguir, organizadas cronologicamente, para que você possa perceber como esse conceito vem se desenvolvendo ao longo do tempo.

  • Meio Ambiente

  • Observando este quadro de construção conceitual, percebe-se que a inclusão das relações entre os efeitos das ações humanas e a degradação da natureza é relativamente recente. Antes dos anos 1960, a definição de ambiente ou estava mais próxima das observações das ciências biológicas ou físicas (ecossistemas, ambiente natural etc.), ou então das ciências humanas (ambiente cultural, social etc.). Não estava estabelecida a relação entre ambos!
    Foi somente a partir de meados da década de 60 do século XX que se iniciaram, oficialmente, discussões mais amplas que buscavam integrar os "ambientes" físicos aos sociais. Esse movimento foi potencializado pela tomada de consciência e pela consequente tentativa de reversão dos graves efeitos que as ações da sociedade contemporânea imprimiram sobre o planeta.

  • Compreende-se, desta forma, por que refletir sobre o conceito de ambiente é importante, uma vez que está por trás dessa definição a forma na qual se propõem as ações ou se verificam seus impactos ou resultados concretos.
    Da mesma forma que o conceito se constrói teoricamente, também influencia as ações formais da sociedade. Um exemplo claro disto pode ser observado na inserção paulatina da definição de ambiente nos textos de Leis Federais, Estaduais e Municipais, conforme apresentados pela FEEMA (1990) e pelo IBAMA (1994).

  • Decreto-Lei nº 134, de 16/06/1975 - Estado do Rio de Janeiro: "considera-se meio ambiente todas as águas interiores ou costeiras, superficiais e subterrâneas, o ar e o solo".
    • Art. 3º, Lei 6938, de 31/08/1981 - Brasil: "Meio ambiente - o conjunto de condições, leis, influências e interações de ordem física, química e biológica que permitam proteger e normalizar a vida em todas suas formas".
    • Art. 2º, Lei nº 33, de 12/02/1981 - República de Cuba: "É o sistema de elementos abióticos e socioeconômicos com os quais o homem interage à medida que ele se adapta, transformando-o e utilizando-o para satisfazer suas necessidades".


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Ambiente e Abordagem Sistêmica
  • Ambiente e Desenvolvimento
  • A polêmica do desenvolvimento
  • Sustentabilidade e recursos
  • O ambiente social
  • Em dezembro de 2005, a população mundial alcançou a cifra de 6500 milhões de pessoas.
  • Ambiente e Educação Ambiental
  • Ambiente e Participação
  • Meio Ambiente Físico ou Natural
  • Atmosfera
  • Solo
  • Água
  • Flora e Fauna
  • Minerais
  • Energia
  • O Desenvolvimento Sustentável
  • Que é o desenvolvimento sustentável?
  • O desenvolvimento sustentável como conceito básico
  • O primeiro relatório do Clube de Roma (1972)
  • A conferência de Estocolmo (1972)
  • Convênio sobre o Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas de Fauna e Flora Silvestre (CITES)
  • O relatório da comissão Brandt - Programa para a sobrevivência e crise comum
  • O relatório do Instituto Worldwatch
  • O relatório Brundtland
  • O protocolo de Montreal
  • A primeira Cúpula da Terra (1992): uma estratégia para o futuro
  • A Declaração do Rio
  • Declaração do Rio
  • Os desafios do Desenvolvimento Sustentável
  • Desafios Integrados do Desenvolvimento Sustentável
  • Perspectivas e Condições
  • Problemática ambiental global
  • Consequências do aquecimento global no planeta
  • Acordos e compromissos
  • Ambiente no Brasil
  • Biomas brasileiros - Natureza e impactos antrópicos
  • Amazônia
  • Mata Atlântica (Floresta Atlântica)
  • Cerrado
  • Caatinga
  • Pantanal
  • Pampas
  • Zona Costeira e Marinha
  • Principais Problemas Ambientais no Brasil
  • Alguns Mamíferos ameaçados de extinção
  • Impacto sobre os recursos hídricos
  • Impacto sobre o solo
  • Impacto da urbanização
  • Perda da Biodiversidade
  • Acordos e compromissos
  • OBRIGADO..........