Curso Online de Ecossistemas de Transição

Curso Online de Ecossistemas de Transição

Este curso aborda a caracterização ambiental dos ecossistemas de transição (terrestres e aquáticos), interação dos organismos com o ambi...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 25,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso aborda a caracterização ambiental dos ecossistemas de transição (terrestres e aquáticos), interação dos organismos com o ambiente e impactos em seus componentes por determinada ação ou atividade humana.

Formada em Ciências Aquáticas e especialização em Engenharia Ambiental. Possui experiências na área de docência em Educação Ambiental, Geoprocessamento, Elaboração de estudos ambientais e processos de licenciamento.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • ECOSSISTEMAS DE TRANSIÇÃO

    ECOSSISTEMAS DE TRANSIÇÃO

  • Ecossistemas ou biomas de Transição

    Ecossistemas ou biomas de Transição

    Conceito

    Estes são formados por zonas com características específicas, existentes na maioria entre ecossistemas aquáticos e terrestres como: estuário, mangues, praias, dunas e mata dos cocais.

  • Com um litoral muito extenso, o Brasil possui diversos tipos de biomas nestas áreas:

    Na região Norte destacam-se as matas de várzea e igapó e os mangues no litoral Amazônico.

    Ecossistemas ou biomas de Transição

  • As florestas alagadas são conhecidas como Florestas Ombrófilas Densas Aluviais;

    Na região amazônica essa Floresta recebe o nome popular de várzea (águas escuras) ou igapó (águas claras);

    A diferença na cor das águas dos rios da Amazônia indicam diferenças na qualidade da água.

    Matas de Várzea e Igapó

  • Localizam-se nas áreas de inundação periódica;

    A água das várzeas têm essa coloração devido ao alto teor de substâncias húmicas dissolvidas. Ela é ácida e o teor de substâncias inorgânicas dissolvidas é baixo;

    Sua composição florística varia de acordo com o período de inundação e também pode apresentar espécies de maior porte, como a Seringueira e o Pau Mulato.

    Matas de Várzea

  • Estão localizadas nas áreas de inundação permanente, com solos e águas ácidas;

    Apresenta em sua composição florística espécies com ramificações baixas e densas, de até 20 m de altura, repleta de arbustos, cipós e epífitas. Destacando-se espécies como o Arapati, Mamorana e Vitória Régia.

    Matas de Igapó

  • Zonação: Mata de Várzea e Igapó

  • É o nome dado ao ambiente costeiro formado por rochas situado na transição entre os meios terrestre e aquático;

    Estão entre os ambientes marinhos mais produtivos do planeta;

    Destaca-se, entre os habitats entre marés, pela diversidade e ocorrência de várias espécies de plantas e animais com grande relevância ecológica e socioeconômica;

    Costões Rochosos

  • No Brasil, pode-se encontrar costões rochosos por quase toda a costa. Seu limite de ocorrência ao Sul se dá em Torres (RS) e ao Norte, na Baía de São Marcos (MA), sendo que a maior concentração deste tipo de ambiente está na região Sudeste.

    Costões Rochosos

  • Apresenta faixas ou zonas horizontais de organismos: supralitoral, mesolitoral e infralitoral;

    Estas zonas são formadas a partir das habilidades adaptativas dos organismos relacionados aos fatores abióticos (ambientais);

    A esta distribuição dá-se o nome de zonação.

    Costões Rochosos

  • Supralitoral:

    É a região superior do costão rochoso, permanentemente exposta ao ar, onde somente chegam borrifos de água do mar.
    Nesta faixa, os fatores abióticos como temperatura e radiação solar possuem grande importância na distribuição dos organismos, os quais são muito adaptados à perda de água e à variação da temperatura.

    Costões Rochosos


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • ECOSSISTEMAS DE TRANSIÇÃO
  • Ecossistemas ou biomas de Transição
  • ESTUÁRIO
  • DUNAS
  • PRAIAS
  • PRAIAS: Dimensão dos sedimentos
  • PRAIAS
  • Zonação vertical da fauna da praia, de acordo com a variação da maré.
  • PRAIAS
  • MANGUEZAL
  • Zonação Horizontal do mangue
  • MATA DOS COCAIS
  • MATA DOS COCAIS: Babaçu
  • IMPACTOS NOS ECOSSISTEMAS DE TRANSIÇÃO