Curso Online de NOÇÕES BÁSICAS COMUNICAÇÃO EM EMERGÊNCIA COM ÓRGÃOS PÚBLICOS E MÍDIA

Curso Online de NOÇÕES BÁSICAS COMUNICAÇÃO EM EMERGÊNCIA COM ÓRGÃOS PÚBLICOS E MÍDIA

O proposito deste curso é apresentar noções básicas de como conduzir junto à mídia e órgãos públicos em situações atípicas. É importante ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 25,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O proposito deste curso é apresentar noções básicas de como conduzir junto à mídia e órgãos públicos em situações atípicas. É importante salientar que relação com a imprensa pode ser facilitada se tiver na sua estrutura interna uma pessoa para fazer esta comunicação. Esta pessoa terá como função saber o que falar a um jornalista ou órgãos publica em situações adversas saber distinguir qual a informação importante. Terá também a função de transmitir adequadamente a imagem pretendida pela empresa.
A existência de um esquema próprio de comunicação interna contribui ainda para a uniformização da informação veiculada, pois não há nada pior do que afirmações contraditórias sobre um mesmo assunto faladas por dois responsáveis da mesma empresa.

Técnico Químico - Qualificado em Meio Ambiente e segurança do Trabalho. Experiência de mais de 25 anos, em empresa de grande porte, no ramo petroquímico e fertilizante, Petróleo e Gás, atuando na área de Meio Ambiente/Segurança do Trabalho. Capacitado em mapeamento de riscos ambientais, Transporte de Produtos Químicos, Brigada de Emergência, Educação Ambiental, Manipulação de Resíduos e outros. Conhecimentos das Normas de Segurança e Ambiental vigentes. Auditor Interno em Seguraça do Trabalho e Meio Ambiente.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • NOÇÕES BÁSICAS COMUNICAÇÃO EM EMERGÊNCIA COM ÓRGÃOS PÚBLICOS E MÍDIA

  • Legislação Ambiental

    Legislação Ambiental

    Todas as ações dos Órgãos Ambientais são regidas por uma coletânea de Leis, Decretos, Resoluções de Conselhos e critérios deixados de maneira clara e objetivas nos documentos emitidos (Licenças, Autorizações Ambientais ou mesmo atas de reunião entre Empresas e Órgãos Ambientais).

  • Dispositivos Legais

    Dispositivos Legais

    SISNAMA – Sistema Nacional de Meio Ambiente.
    Organização Institucional de todos os Órgãos que administram o Controle Ambiental no País (criado por Lei em 1981).
    Nível Federal: MMA - Ministério do Meio Ambiente.
    CONAMA - Cons. Nacional de Meio Ambiente
    IBAMA – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente
    e dos Recurso Naturais renováveis.
    Nível Estadual: SMA – Secretária de Estado do Meio Ambiente.
    CETESB – S.P.
    FEAM – MG
    IAP – PR
    CRA – BA
    SEMA - MT
    Nível Municipal: Secretárias Municipais de Meio Ambiente
    Organizações Não Governamentais: ONG’s
    Ministérios Públicos: Estadual e Federal.

  • Fiscalizações por Órgãos Ambientais

    Fiscalizações por Órgãos Ambientais

    IBAMA – Relatório Anual de Controle/ Acesso autorizado por Lei para entrar na empresa / Inspeções/Licenciamento/Autorizações no âmbito federal.

    Órgãos Estaduais:
    Acesso Autorizado por Lei para entrar na empresa;
    Processo de Licenciamento Ambiental;
    Atentar ao descritivo no Auto de Inspeção.

    Policia Florestal/Ambiental – Denuncia.

    Municipal- Ações de Impactos locais em ação conjunta com Órgão Ambiental.

  • Ministério Público

    Ministério Público

    Ação do Ministério Público:
    Cuidados que devemos ter ao atender uma solicitação/visita do MP;
    Sua força perante a Legislação e principalmente perante a Lei de Crimes Ambientais;
    A força desta ação e seus reflexos!

  • LEI Nº. 10.650, DE 16 DE ABRIL DE 2003.

    LEI Nº. 10.650, DE 16 DE ABRIL DE 2003.

    Garante o acesso a informação ambiental sob a guarda de órgãos e entidades da Administração Pública, direta, indireta e funcional, integrantes do Sisnama, da União, Estados, Distrito Federal ou Municípios.

  • LEI Nº. 10.650, DE 16 DE ABRIL DE 2003.

    LEI Nº. 10.650, DE 16 DE ABRIL DE 2003.

    Informações relativas aos seguintes fatos:
    Qualidade do meio ambiente;
    Políticas, planos e programas potencialmente causadores de impacto ambiental;
    Acidentes, situações de risco ou de emergência ambientais;
    Emissões de efluentes líquidos e gasosos e produção de resíduos sólidos;
    Substâncias tóxicas e perigosas;

  • Comprometimento das Empresas

    Comprometimento das Empresas

    Crescimento dos investimentos das empresas brasileiras no setor ambiental

    O Brasil tem cerca de 1500 certificações em 2004 pela ISO 14.001 (International Organization for Standartization).

    O mercado ambiental brasileiro movimentou cerca de 2,9 bilhões de dólares em 2002, referentes à prestação de serviços e venda de equipamentos, incluindo os setores público e privado. (Câmara de Comércio Brasil – Alemanha)

  • Principais Acidentes Ambientais

    Principais Acidentes Ambientais

    1976 - Seveso – Itália. Nuvem de dioxina escapou de uma indústria química, a Icmesa.
    1979 - Pensilvânia - Estados Unidos. Reator atômico avariado da usina de Three Mile Island descarregou no ar gás radiativo e provocou a retirada de 300 mil pessoas de suas casas.
    1984 - Vila Socó – Cubatão – Brasil. Duto da Petrobrás deixou vazar gasolina provocando um incêndio que matou 93 pessoas.

  • Principais Acidentes Ambientais

    1984 – Bhopal – Índia. A Union Carbide, uma das maiores indústrias químicas do mundo, descarregou no ar 25 mil toneladas de isocianato de metila – gás letal – provocando a morte de 3.400 pessoas.
    1986 – Chernobyl – Rússia. Explosão de um dos quatro reatores da usina nuclear soviética de Chernobyl, lançando na atmosfera uma nuvem radioativa.

    Principais Acidentes Ambientais

  • Principais Acidentes Ambientais

    1989 – Exxon Valdez – Álaska. Navio superpetroleiro, o Valdez, a serviço da Exxon, bateu na costa do Alasca, deixando escapar 260 mil barris de petróleo, imergindo em óleo praticamente toda a fauna da região
    2000 - Rio de Janeiro, Brasil. A maior estatal brasileira, a Petrobras, foi responsável, no dia 18 janeiro, pelo derramamento de mais de 1 milhão de litros de óleo na baía de Guanabara. Em julho do mesmo ano, mais um acidente. Desta vez, cerca de 4 milhões de litros de óleo cru vazam de refinaria em Araucária (PR).

    Principais Acidentes Ambientais


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Legislação Ambiental
  • Dispositivos Legais
  • Fiscalizações por Órgãos Ambientais
  • Ministério Público
  • LEI Nº. 10.650, DE 16 DE ABRIL DE 2003.
  • Comprometimento das Empresas
  • Principais Acidentes Ambientais
  • Meios de Comunicação
  • Constituição Federal 1988
  • Caso Exxon Valdez
  • Panorama Geral Acesso à Informação Ambiental
  • Comunicação Ambiental
  • Quando não Existe Comunicação Ambiental
  • A Imprensa Especializada
  • Principais Veículos
  • COMUNICAÇÃO PARA MÍDIA
  • Agenda 21*