Curso Online de Gravidez na Adolescência
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Gravidez na Adolescência

Este curso define aspectos conceituais da adolescência, caracteriza este perído, mastra dados sobre adolescentes grávidas, as consequênci...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 30 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso define aspectos conceituais da adolescência, caracteriza este perído, mastra dados sobre adolescentes grávidas, as consequências da gravidez nessa faixa etária, o significado da gravidez para adolescentes e relata ainda o perfil das adolescente que engravidam.

Bacharel em fisioterapia pela PUC de Goiás, pós-graduada em fisioterapia neurofuncional e fisioterapia em obstetrícia e uroginecologia.


"muito bom, tenho filhos e me ajudou."

- Rosangela Melotti Mello Martins

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA

    gravidez na adolescência

  • PERGUNTAS

    perguntas

    a gravidez na adolescência é um fenômeno preocupante? se sim, por quê?

    a gravidez na adolescência repercute da mesma forma para adolescentes do sexo feminino e masculino?

  • ADOLESCÊNCIA: ASPECTOS CONCEITUAIS

    (pereira ; pinto, 2003)

    adolescência: aspectos conceituais

    a palavra “adolescência”: “ad” (para) + “olescere” (crescer) crescer para.

    remete-se à idéia de desenvolvimento, de preparação para o que está por vir, algo já estabelecido mais à frente.

  • ADOLESCÊNCIA: ASPECTOS CONCEITUAIS

    (faustini et al., 2003)

    adolescência: aspectos conceituais

    bastante recente: processo de industrialização, urbanização e modernização, próprio das sociedades ocidentais contemporâneas.

    margaret mead (1951): "fenômeno cultural" produzido pelas práticas sociais em determinados momentos históricos, manifestando-se de formas diferentes e nem sequer existindo em alguns lugares.

  • CARACTERIZAÇÃO

    (gonçalves; parada; bertocello, 2001; coli, 1994)

    caracterização

    cronológico: a oms define a adolescência como sendo a faixa etária de 10 a 19 anos .

    físico: abrange as modificações anatômicas e fisiológicas que transformam a criança em adulto, período que vai desde o aparecimento dos caracteres sexuais secundários e início da aceleração do crescimento, até o apogeu do desenvolvimento com a parada do crescimento.

  • CARACTERIZAÇÃO

    (coli, 1994)

    caracterização

    psicológico: mostra períodos de introversão, audácia, timidez, descoordenação, urgência, desinteresse; conflitos afetivos, crises religiosas, intelectualizações e postulações filosóficas, condutas sexuais , estabelecendo-se a identidade do indivíduo .
    social: o indivíduo perde direitos e privilégios de criança e começa a assumir direitos e responsabilidades de adulto.

  • DADOS

    dados

    fiocruz (2009): no brasil, desde 1980 o número de adolescentes grávidas aumentava.

    ministério da saúde (2009): 1998, no país foram quase 700 mil partos em adolescentes entre 10 e 19 anos e destas 1,3% tem idade entre 10 e 14 anos.

  • DADOS

    (mistério de saúde, 2009)

    dados

    em 2008, este número caiu para cerca de 490 mil. no sul, sudeste e centro-oeste, a redução ultrapassou 35%.

    em 1998, o estado de goiás tinha 20.769 partos entre mulheres nesta faixa etária e em 2008 este número diminuiu para 11.192.

  • CAUSAS

    (sulcca ; schirmer, 2006)

    causas

    ingenuidade;
    submissão (relações de gênero);
    violência;
    dificuldade de obter algum método contraceptivo;
    expectativas de mudança de status social e/ou outros fatores ligados a subjetividade da adolescente.

  • CONSEQUÊNCIAS

    (monteiro et al , 2007)

    consequências

    pode gerar problemas a curto e em longo prazo: não terem suporte físico e emocional consolidado - favorecendo situação de conflito com a família, como a rejeição, críticas e punições.

    essas situações podem levar a atitudes que coloquem em risco e /ou dificultam tanto a vida da adolescente como a de suas crianças.

  • CONSEQUÊNCIAS

    (sabroza et al, 2004)

    consequências

    aspectos sociais: como o abandono da escola, a estigmatização de ser mãe precocemente e os reflexos na vida afetiva, especialmente quanto à “escolha” de parceiros.
    aspectos psicológicos: baixa auto-estima, ausência de apoio familiar, vivência de alto nível de estresse, poucas expectativas frente ao futuro e a presença de sintomas depressivos - exercem influência no modo que a relação entre a gestante adolescente e seu bebê irá se constituir.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA
  • PERGUNTAS
  • ADOLESCÊNCIA: ASPECTOS CONCEITUAIS
  • ADOLESCÊNCIA: ASPECTOS CONCEITUAIS
  • CARACTERIZAÇÃO
  • DADOS
  • CAUSAS
  • CONSEQUÊNCIAS
  • SIGNIFICADO PARA AS ADOLECENTES
  • SIGNIFICADO PARA OS ADOLECENTES
  • PERFIL DAS ADOLECENTES
  • REFERÊNCIAS
  • OBRIGADA!