Curso Online de Mais Saúde na Terceira Idade

Curso Online de Mais Saúde na Terceira Idade

Hábitos saudáveis que contribuem para a manutenção da saúde.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 40 horas


Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Hábitos saudáveis que contribuem para a manutenção da saúde.

Mestre em alimentos e nutrição. Especialista em nutrição clínica e esportiva, gerontologia e qualidade de vida e metodologia de ensino de biologia e química. Professor de ciências e biologia. Bacharel em bioquímica com ênfase no entendimento de ciências dos alimentos, fitoterapia, nutrição e ensino após cursar disciplinas eletivas referentes a estas áreas e fazer estágios no decorrer da graduação. No final de cada curso não há avaliação. Cursou, aprendeu bastante devido a meu compromisso de oferecer ensino de qualidade, não tem a preocupação e ansiedade em ser avaliado (a) um monte de conteúdos simultaneamente. No certificado é informado o número de dias em que o curso foi cursado e o tanto de horas que ele foi acessado, diante disto, não convém cursar muito rápido e em poucos dias.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • MAIS SAÚDE NA TERCEIRA IDADE

  • MELHOR QUALIDADE DE VIDA DO IDOSO

  • Hábitos alimentares errôneos associados como o sedentarismo e estresse, contribuem para o aumento da incidência de doenças crônicas como as cardiovasculares, câncer, diabetes e doenças respiratórias. No que se trata dos hábitos alimentares do idoso, verifica-se atualmente um aumento do consumo de alimentos preparados, leite, cereais refinados, carnes e açúcar e diminuição do consumo de frutas, verduras, legumes, grãos inteiros e cereais.

  • Atualmente estima-se haver cerca de 35,5 milhões de pessoas com demência no mundo. Este número praticamente irá dobrar a cada 20 anos, chegando a 65,7 milhões em 2030 e a 115,4 milhões em 2050.

  • O triptofano ricamente presente nas castanhas de caju se converte em serotonina. Este neurotransmissor é a substância que nos mantém felizes e equilibrados. 

  • Uma dieta regular não supre os requerimentos mínimos de ômega 3 devido à limitação de ingestão de peixes e, também, pelos altos níveis de ômega 6 encontrados em alimentos produzidos pelos sistemas intensivos de produção. Isso pode levar a um desbalanço na razão entre ômega 6:ômega 3 na dieta rotineira. As recomendações atuais são para aumentar o consumo total de ômega 3 pelo consumo de peixes no mínimo duas refeições por semana.

  • Muitos indivíduos idosos têm uma perda de interesse em alimentos provavelmente relacionados com a perda sensorial, a fome é reduzida. Por todos esses aspectos são necessários cuidados fundamentais como melhorar as qualidades organolépticas dos alimentos de alimentos, cor, odor, sabor, textura, temperatura adequada para servir, etc., para tornar os pratos mais apetitosos

  • Convém sempre ler muito, assistir programas culturais, ouvir boas músicas e cuidar da alimentação para reduzir o risco de desordens cerebrais. Além disso, evitar ter remorsos também ajuda e muito o funcionamento adequado da mente.

  • ENVELHECIMENTO CUTÂNEO

    O tempo passa para todos e envelhecer é um processo natural. Ao mesmo tempo em que cresce a expectativa de vida, valoriza-se cada vez mais a juventude, o jovem e o belo são cultuados como ideal e o envelhecimento, que pode ser acelerado com a ação do sol na pele, principalmente com a alta incidência dos raios UVA e UVB, o chamado fotoenvelhecimento.

  • O envelhecimento da pele ocorre por acúmulo de radicais livres nas células epiteliais. Existem dois tipos de processos de envelhecimento: o intrínseco, de natureza genética, e o extrínseco causado por exposições repetitivas aos raios ultravioleta.

  • Espécies reativas de oxigênio, incluindo os radicais livres, são geradas por reações fotoquímicas provocadas por exposição aos raios ultravioleta. Estes são os principais causadores dos processos oxidativos, que por sua vez, são os mediadores dos efeitos deletérios do envelhecimento da pele. Como conseqüência podem danificar o DNA, membrana das células e proteínas, como colágeno e elastina.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
  • CLIMATÉRIO E MENOPAUSA
  • ASPECTOS COGNITIVOS DOS IDOSOS
  • ALIMENTAÇÃO E PREVENÇÃO DA DOENÇA DE ALZHEIMER
  • ALIMENTOS FUNCIONAIS
  • NUTRACÊUTICOS
  • NUTRIÇÃO DO IDOSO
  • PREVENÇÃO DA OSTEOPOROSE
  • PREVENÇÃO DA DOENÇA DE ALZHEIMER
  • PREVENÇÃO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA
  • PREVENÇÃO DA ATEROSCLEROSE
  • SAÚDE CUTÂNEA
  • FITOQUÍMICOS E SAÚDE