Curso Online de ESTUDO BÍBLICO III
5 estrelas 0 alunos avaliaram

Curso Online de ESTUDO BÍBLICO III

O ESTUDANTE VERA VARIOS ESTUDOS

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O ESTUDANTE VERA VARIOS ESTUDOS

Pastor da Igreja Metodista Wesleyana 2ªRegião Eclesiástica; Bacharel Teologia (FAETESP, FAK, Universidade da Bíblia); Bacharel Psicanálise Clinica (CAEC); Mestre Teologia (FAETESP); Doutorado Ciências da Religião (ASSESB ); Doutorado Teologia com habilitação em Teologia Sistemática (Titulo Oferecido por ser o Fundador da FATEMIG); Titulo Honorífico - Doutor em Divindade (FACIB); 51 Participações em cursos, Coordenação de Seminário, Palestras e Seminários; Vice-diretor do CEFORTE no núcleo Muriaé /MG no ano 2005; Fundador da FATEMIG ? Faculdade de Teologia de Minas Gerais / Uberlândia/MG.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • OS MILAGRES DE JESUS

    OS MILAGRES DE JESUS

    Mt 8.1-4

  • Os milagres de Jesus atestam a sua divindade e servem como credenciais para provar que Ele é o Messias que veio a este mundo para salvar o que se havia perdido. Eles não devem ser tomados como parábolas, mas como manifestação do poder de Deus. Não devem ser considerados com ênfase maior do que a mensagem de salvação, mas devemos crê que o Senhor opera ainda em nossos dias como prova do Seu amor para com o seu povo e também para evidenciar o seu poder.

  • A CURA DO LEPROSO

    A CURA DO LEPROSO

    Mt 8.1-4

  • A lepra na Bíblia abrangia várias doenças da pele, e podia tornar impura uma pessoa, roupas ou uma casa. Havia testes elaborados, sempre sob a autoridade dos sacerdotes, para detectar a doença e providenciar o isolamento do doente e procedimentos rituais para aqueles que saravam (Lv 13 e 14). Depois de um cadáver, a lepra era considerada como a doença mais poluidora. Exigia-se que o leproso vestisse roupas rasgadas, deixasse o cabelo cair solto da cabeça, cobrisse o lábio superior, e não se aproximasse de ninguém, porem caso alguém se aproximasse dele deveria gritar: “Imundo! Imundo!” (Lv 13.45).

  • A COMPAIXÃO DE JESUS É MAIOR DO QUE A LEI

    A COMPAIXÃO DE JESUS É MAIOR DO QUE A LEI

    Na aproximação do leproso a Jesus devemos destacar os seguintes elementos:
    Reverência. O leproso não tinha com quem externar a sua opinião sobre Jesus, mas quando teve a oportunidade de aproximar-se dEle não teve dúvidas de que estava frente a frente com um homem divino. Ele chegou com grande humildade: “Rogando-lhe e pondo-se de joelhos” (conforme descrição de Mc 1.40-45);

  • b) Confiança. Ele estava certo de que Jesus não o expulsaria e por isso cheio de fé rogou: “Senhor, se quiseres, podes purificar-me”. Ele não vacilou mas demonstrou sua confiança no poder de Deus.
    A lei proibia tocar num leproso, mas para o Senhor Jesus havia somente uma lei – a lei do amor, que supera regras, mandamentos e quaisquer outra leis. Não há em nós coisa alguma que mereça a bênção de Deus, mas a recebemos porque Jesus se compadece de nós. Na cura deste leproso Marcos declara que Jesus foi movido de grande compaixão (Mc 1.41).

  • A REAÇÃO DE JESUS

    A REAÇÃO DE JESUS

    a) Estendeu a mão ao leproso. Aquele que estendeu a mão ao leproso sem contrair a doença, tornou-se como seus irmãos, exceto no pecado. Com isso temos um simbolismo: Jesus se identificando com a natureza humana decaída e pecadora para salva-la dos seus pecados;
    b) Tocou o leproso. Além de Jesus estender a sua mão, tocou o leproso. Ninguém ousaria tocar um leproso devido a repelência da doença e as proibições da lei (Nm 5.1,2) mas Jesus o tocou.

  • A lepra deixa sua vitima insensível a picadas, ao calor etc, assim faz o pecado, de modo que o pecador não sente que está espiritualmente em estado desesperador diante de Deus (Is 1.6). Um morto nada sente por estar inerte, sem vida, este é o estado do pecador sem Cristo. A humanidade, sem exceção, está contaminada pela lepra do pecado. A única esperança para a alma assim doente é o toque salvador de Jesus. Este toque é importante também para encorajarmo-nos nas lutas de cada dia.

  • O Toque de Jesus é poderoso para:
    Purificar o leproso, Mt 8.3
    Dar vista aos cegos, Jo 9.6 e Mt 20.34
    Dar ânimo, Mt 17.7
    Curar um surdo e gago, Mc 7.33 e Lc 7.14
    Dar vida, Lc 7.14.

  • c) Deu a Palavra de Ordem. “Quero, sê limpo”. Na sua palavra temos a sua vontade manifesta. Jesus Cristo é Deus, há autoridade em sua palavra. Ele deu ordem e o leproso ficou curado,. Ainda hoje a autoridade é a mesma, Cristo nos fez seus embaixadores porque nos autorizou fazer uso da sua palavra.
    d) O Poder de Cristo. A cura do leproso foi imediata e completa. A partir dali o homem não teria de bradar: “imundo, imundo!” estava curado, simbolo da transformação que se opera na vida da pessoa que aceita Jesus Cristo como seu salvador (2Co 5.17).

  • RAZÕES PARA AS RECOMENDAÇÕES DE JESUS

    RAZÕES PARA AS RECOMENDAÇÕES DE JESUS

    a) Não digas a ninguém. Esta ordem, provavelmente, era para que se evitasse que os milagres de cura se tornassem a base para o povo O seguir. Outra razão é que Ele estava iniciando seu ministério e isto chamaria atenção e o interesse do povo para ser abençoado e dificultaria outras áreas do seu trabalho, tais como: ensinar e pregar. Esta ordem não foi obedecida pois ex-leproso divulgou o ocorrido.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • OS MILAGRES DE JESUS
  • A CURA DO LEPROSO
  • A COMPAIXÃO DE JESUS É MAIOR DO QUE A LEI
  • A REAÇÃO DE JESUS
  • RAZÕES PARA AS RECOMENDAÇÕES DE JESUS
  • VERIFICAÇÃO DA LIÇÃO
  • A QUESTÃO DO TRIBUTO
  • INTRODUÇÃO
  • UMA PERGUNTA HIPÓCRITA
  • A RESPOSTA DO MESTRE
  • CONCLUSÃO
  • OS SADUCEUS E A RESSURREIÇÃO
  • INTRODUÇÃO
  • A QUESTÃO DA RESSURREIÇÃO
  • RAZÕES DO ERRO DOS SADUCEUS
  • CONCLUSÃO
  • O GRANDE MANDAMENTO
  • INTRODUÇÃO
  • O PRIMERO MANDAMENTO
  • O QUE DEUS REQUER DE NÓS
  • A QUESTÃO DE DAVI E O MESSIAS
  • CONCLUSÃO
  • JESUS CENSURA OS ESCRIBAS E FARISEUS
  • INTRODUÇÃO
  • JESUS DENUNCIA OS FALSOS MESTRES
  • PCADOS DOS ESCRIBAS E FARISEUS
  • O ESPIRITO FARISAICO
  • OS SETE “AIS” E O JULGAMENTO VINDOURO
  • INTRODUÇÃO
  • O FALSO PROSELITISMO
  • ACERCA DO DÍZIMO
  • SEPULCROS CAIADOS
  • FORAM CHAMADOS DE SERPENTES
  • JERUSALÉM! JERUSALÉM!
  • O ADEUS DO SENHOR AO TEMPLO
  • CONCLUSÃO
  • O SERMÃO ESCATOLÓGICO
  • INTRODUÇÃO
  • QUANDO SUCEDERÃO ESTAS COISAS
  • QUE SINAL HAVERÁ DA TUA VINDA
  • O QUE VIRÁ DEPOIS
  • O EVANGELHO DO REINO
  • CONCLUSÃO
  • A GRANDE TRIBULAÇÃO
  • INTRODUÇÃO
  • A ABOMINAÇÃO DA DESOLAÇÃO
  • OS FALSOS CRISTOS
  • A BATALHA DO ARMAGEDON
  • CONCLUSÃO
  • A VINDA DO FILHO DO HOMEM
  • INTRODUÇÃO
  • A SEGUNDA VINDA DE CRISTO
  • QUANDO SERÁ A VINDA DO SENHOR
  • ATITUDES PARA COM A VINDA DO SENHOR
  • CONCLUSÃO