Curso Online de Estruturas Metálicas - Projeto e Dimensionamento
5 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de Estruturas Metálicas - Projeto e Dimensionamento

Objetivo do Curso O curso visa capacitar profissionais de nível técnico e superior, na área de Estruturas Metálicas, desenvolvendo a cap...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 20 horas

De: R$ 50,00 Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Mais de 250 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Objetivo do Curso

O curso visa capacitar profissionais de nível técnico e superior, na área de Estruturas Metálicas, desenvolvendo a capacidade de análise, leitura e interpretação de desenhos, conceito de projetos e dimensionamento. Promover uma abordagem interdisciplinar e abrangente do mercado de estruturas Metálicas, apresentando seus aspectos técnicos de projeto e construção.


A quem se destina

O Curso de Estruturas Metálicas é destinado a técnicos, engenheiros, arquitetos e alunos de cursos de graduação e pós-graduação em engenharia mecânica, civil e arquitetura, bem como profissionais que executam projetos e obras civis.

Pós-Graduação em nível de mestrado em engenharia civil estruturas - UFRJ, conclusão em 2009. graduação em engenharia civil - UFS, conclusão em 2007.


- Douglas Marinho Nunes Araújo

- José Júnior Da Silva

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Aço estrutural Estruturas metálicas Vantagens Desvantagens Normas Aplicações Formas usuais de metais ferrosos Etapas de fabricação do aço Aço de baixa liga e alta resistência Nomenclatura da ABNT Espessura mínima para peças estruturais Propriedades dos aços estruturais Tensões e deformações Ensaios Ensaios de tração Diagrama tensão -deformação Lei de Hooke Ensaios de compressão

    Aço estrutural Estruturas metálicas Vantagens Desvantagens Normas Aplicações Formas usuais de metais ferrosos Etapas de fabricação do aço Aço de baixa liga e alta resistência Nomenclatura da ABNT Espessura mínima para peças estruturais Propriedades dos aços estruturais Tensões e deformações Ensaios Ensaios de tração Diagrama tensão -deformação Lei de Hooke Ensaios de compressão

  • Coeficiente de Poisson Forma geral da Lei de Hooke PRODUTOS SIDERÚRGICOS Perfis laminados Perfis Soldados Perfis conformados a frio ou de chapas dobradas Tubos Tabelas de perfis Principais tipos de concepções estruturais Treliças isostáticas Tesouras isostáticas CRITÉRIOS DE DIMENSIONAMENTO Método das tensões admissíveis Método dos Estados Limites Carregamentos Coeficientes de majoração das ações PEÇAS TRACIONADAS Dimensionamento no Estado Limite Último (ELU) Peças tracionadas com furos

    Coeficiente de Poisson Forma geral da Lei de Hooke PRODUTOS SIDERÚRGICOS Perfis laminados Perfis Soldados Perfis conformados a frio ou de chapas dobradas Tubos Tabelas de perfis Principais tipos de concepções estruturais Treliças isostáticas Tesouras isostáticas CRITÉRIOS DE DIMENSIONAMENTO Método das tensões admissíveis Método dos Estados Limites Carregamentos Coeficientes de majoração das ações PEÇAS TRACIONADAS Dimensionamento no Estado Limite Último (ELU) Peças tracionadas com furos

  • Peças com extremidades rosqueadas Peças ligadas por pinos Limitação de esbeltez das peças tracionadas Diâmetro dos furos Exemplos TRELIÇAS Definição Apoios Método do equilíbrio dos nós Dimensionamento LIGAÇÕES Ligações com conectores Rebites Parafusos Espaçamento entre conectores Dimensionamento Dimensionamento ao corte Dimensionamento ao esmagamento da chapa (pressão de apoio) Dimensionamento ao rasgamento da chapa Dimensionamento à tração da chapa

    Peças com extremidades rosqueadas Peças ligadas por pinos Limitação de esbeltez das peças tracionadas Diâmetro dos furos Exemplos TRELIÇAS Definição Apoios Método do equilíbrio dos nós Dimensionamento LIGAÇÕES Ligações com conectores Rebites Parafusos Espaçamento entre conectores Dimensionamento Dimensionamento ao corte Dimensionamento ao esmagamento da chapa (pressão de apoio) Dimensionamento ao rasgamento da chapa Dimensionamento à tração da chapa

  • Ruptura por cisalhamento de bloco Combinação de conectores Dimensionamento à tração e a corte simultâneos - fórmulas de interação Resistência ao deslizamento em ligações por atrito Ligações soldadas Tipos, qualidades e simbologia de soldas Elementos construtivos para projeto Resistência das soldas PEÇAS COMPRIMIDAS Introdução Flambagem elástica Flambagem inelástica Dimensionamento Flambagem local Parâmetros de flambagem local PEÇAS FLETIDAS Introdução Dimensionamento à flexão Momento de inìcio de plastificação e momento de plastificação Resistência à flexão de vigas com contenção lateral

    Ruptura por cisalhamento de bloco Combinação de conectores Dimensionamento à tração e a corte simultâneos - fórmulas de interação Resistência ao deslizamento em ligações por atrito Ligações soldadas Tipos, qualidades e simbologia de soldas Elementos construtivos para projeto Resistência das soldas PEÇAS COMPRIMIDAS Introdução Flambagem elástica Flambagem inelástica Dimensionamento Flambagem local Parâmetros de flambagem local PEÇAS FLETIDAS Introdução Dimensionamento à flexão Momento de inìcio de plastificação e momento de plastificação Resistência à flexão de vigas com contenção lateral

  • Resistência à flexão de vigas sem contenção lateral contínua Dimensionamento da alma as vigas Conceitos Tensão de cisalhamento Vigas I com um ou dois eixos de simetria sem enrijecedores APÊNDICE BIBLIOGRAFIA

    Resistência à flexão de vigas sem contenção lateral contínua Dimensionamento da alma as vigas Conceitos Tensão de cisalhamento Vigas I com um ou dois eixos de simetria sem enrijecedores APÊNDICE BIBLIOGRAFIA

  • Muito Obrigado !


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Aço estrutural Estruturas metálicas Vantagens Desvantagens Normas Aplicações Formas usuais de metais ferrosos Etapas de fabricação do aço Aço de baixa liga e alta resistência Nomenclatura da ABNT Espessura mínima para peças estruturais Propriedades dos aços estruturais Tensões e deformações Ensaios Ensaios de tração Diagrama tensão -deformação Lei de Hooke Ensaios de compressão
  • Coeficiente de Poisson Forma geral da Lei de Hooke PRODUTOS SIDERÚRGICOS Perfis laminados Perfis Soldados Perfis conformados a frio ou de chapas dobradas Tubos Tabelas de perfis Principais tipos de concepções estruturais Treliças isostáticas Tesouras isostáticas CRITÉRIOS DE DIMENSIONAMENTO Método das tensões admissíveis Método dos Estados Limites Carregamentos Coeficientes de majoração das ações PEÇAS TRACIONADAS Dimensionamento no Estado Limite Último (ELU) Peças tracionadas com furos
  • Peças com extremidades rosqueadas Peças ligadas por pinos Limitação de esbeltez das peças tracionadas Diâmetro dos furos Exemplos TRELIÇAS Definição Apoios Método do equilíbrio dos nós Dimensionamento LIGAÇÕES Ligações com conectores Rebites Parafusos Espaçamento entre conectores Dimensionamento Dimensionamento ao corte Dimensionamento ao esmagamento da chapa (pressão de apoio) Dimensionamento ao rasgamento da chapa Dimensionamento à tração da chapa
  • Ruptura por cisalhamento de bloco Combinação de conectores Dimensionamento à tração e a corte simultâneos - fórmulas de interação Resistência ao deslizamento em ligações por atrito Ligações soldadas Tipos, qualidades e simbologia de soldas Elementos construtivos para projeto Resistência das soldas PEÇAS COMPRIMIDAS Introdução Flambagem elástica Flambagem inelástica Dimensionamento Flambagem local Parâmetros de flambagem local PEÇAS FLETIDAS Introdução Dimensionamento à flexão Momento de inìcio de plastificação e momento de plastificação Resistência à flexão de vigas com contenção lateral
  • Resistência à flexão de vigas sem contenção lateral contínua Dimensionamento da alma as vigas Conceitos Tensão de cisalhamento Vigas I com um ou dois eixos de simetria sem enrijecedores APÊNDICE BIBLIOGRAFIA