Curso Online de Curso básico de Eletroeletronica - Modulo 3

Curso Online de Curso básico de Eletroeletronica - Modulo 3

Este modulo está dividido em duas partes: na primeira parte vamos estudar os elementos da eletrônica industrial, onde teremos noções bás...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este modulo está dividido em duas partes: na primeira parte vamos estudar os elementos da eletrônica industrial, onde teremos noções básicas sobre filtros, retificadores, mais detalhes sobre os diodos, as fontes de alimentação e os transformadores. Na segunda parte veremos os elementos das telecomunicações, ou seja, estudaremos a modulação, os sistemas de transmissão e recepção, os amplificadores onde estudaremos mais a fundo os transistores.
Nota importante: Para entender melhor este modulo é necessário ter estudado o modulo 1, no mínimo.

Tecnico em Eletroeletronica, formado pelo colegio técnico da FIEC - Indaiatuba; Tecnologo em Automação de Escritórios (enfase em teleprocessamento e redes), formado pela FATEC - Indaiatuba; Cursos: Comandos Logicos Programaveis (CLP) - SENAI Comandos e maquinas elétricas - SENAI Manutenção de Hardware - SENAI



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Curso básico de Eletroeletrônica  

    curso básico de eletroeletrônica  

    notas de aula
     
    autor: joão maria
     

    modulo 3

  • INTRODUÇÃO

    olá!

    este modulo está dividido em duas partes: na primeira parte vamos estudar os elementos da eletrônica industrial, onde teremos noções básicas sobre filtros, retificadores, mais detalhes sobre os diodos, as fontes de alimentação e os transformadores. na segunda parte veremos os elementos das telecomunicações, ou seja, estudaremos a modulação, os sistemas de transmissão e recepção, os amplificadores onde estudaremos mais a fundo os transistores e no final do modulo, teremos alguns exercícios para fixação do aprendizado.

    bons estudos!

    eletrônica industrial

    introdução

  • FILTROS

    tipos de filtros:

    a) filtro em l

    eletrônica industrial

    l

    r

    obs.: esses tipos de filtro também são chamados de l com capacitor na entrada.

    l

    r

    filtros

  • FILTROS TIPO T e Pi

    eletrônica industrial

    b) filtros em t

    c) filtros em pi

    (p)

    (p)

    filtros tipo t e pi

  • OBSERVAÇÕES

    eletrônica industrial

    1) a carga ligada aos terminais da rede de filtro constitui a resistência de qualquer circuito formado por transistores, válvulas ou circuitos integrados que serão alimentados pelo retificador. num esquema elétrico, a carga pode ser representada por um resistor, como veremos adiante. a figura abaixo mostra como é ligado o retificador, o filtro e a carga (representada aqui por válvulas, pois apesar de obsoletas nos dias atuais, ainda alguns equipamentos, como transmissores de radiofreqüência, as utilizam.

    o filtro mais eficiente é aquele formado por indutores e capacitores.
    as redes de filtros podem ser agrupados em série ou em cascata.
    há uma pequena flutuação da corrente retificada que recebe o nome de ripple (lê-se rípol). veremos detalhes sobre isso oportunamente.

    observações

  • RETIFICADORES DE MEIA ONDA

    eletrônica industrial

    tensão retificada (+ b)

    um retificador é de meia onda quando ele aproveita somente a metade do ciclo da corrente a ser retificada, ou seja, somente o semiciclo positivo da corrente. em outras palavras, quando o semi ciclo da onda senoidal atinge tensão máxima positiva, a tensão em cima do diodo é 0; neste caso o diodo está polarizado diretamente. quando o diodo estiver polarizado inversamente, isto é, quando o semi ciclo for negativo, a tensão em cima do diodo é igual ou maior que o potencial do transformador.
    abaixo, esquema de dois retificadores de meia onda usando transformador, um utilizando válvula diodo e outro utilizando diodo de silício (mais usual atualmente):

    retificadores de meia onda

  • RETIFICADORES DE ONDA COMPLETA

    eletrônica industrial

    um retificador de onda completa aproveita o ciclo completo da corrente a ser retificada, ou seja, o semiciclo positivo e o negativo. abaixo, esquema de dois retificadores de onda completa, como no exemplo anterior, um utilizando válvula e outro utilizando diodo:

    funcionamento do circuito:

    supondo que no semiciclo positivo da tensão aplicada ao primário do transformador, o ponto “b” do secundário seja positivo. então o ponto “c” é negativo em relação ao “b” e há circulação de corrente de “b” para “c” como indicado pelas setas azuis, neste caso há uma retificação de meia onda.
    supondo agora que a tensão do primário passe para o semi ciclo negativo, então o ponto “b” que era positivo, torna-se negativo em relação a “c” e a válvula v1 fica polarizada, ou seja, a placa fica negativa em relação ao catodo e não há circulação de corrente. por outro lado, o ponto “a” que era negativo em relação a “c”, passa a ser positivo; então v2 conduz e há circulação de corrente no sentido das setas lilases.

    a figura ao lado nos dá uma idéia da estrutura e funcionamento de uma válvula diodo.

    placa

    retificadores de onda completa

  • RETIFICADORES DE ONDA COMPLETA-2

    eletrônica industrial

    um retificador de onda completa aproveita o ciclo completo da corrente a ser retificada, ou seja, o semiciclo positivo e o negativo. abaixo, esquema de dois retificadores de onda completa, como no exemplo anterior, um utilizando válvula e outro utilizando diodo:

    retificadores metálicos:

    atualmente são muito usados em circuitos retificadores, os diodos semi condutores fabricados com diferentes materiais, tais como o de oxido de cobre, selênio, germânio e silício. para retificação de corrente de baixa potência e freqüência elevada emprega-se normalmente o diodo de germânio; já para retificação de corrente com potencia relativamente alta e de baixa freqüência, usa-se o diodo de silício.

    dobradores de tensão:

    permitem obter corrente retificada de tensão igual a duas vezes a tensão da rede, ou seja, com uma tensão alternada de 110v, consegue-se cerca de 220v de tensão continua.

    funcionamento:
    no primeiro semi ciclo a tensão e1 é positiva e e2 é negativa (a), então d1 conduz, enquanto d2 não conduz .
    no segundo semiciclo a tensão e1 é negativa e e2 é positiva (b) , então d1 não conduz enquanto d2 conduz.

    retificadores de onda completa-2

  • RETIFICADORES EM PONTE

    eletrônica industrial

    retificadores em ponte

  • COMPARAÇÃO ENTRE RETIFICADORES

    eletrônica industrial

    comparação entre retificadores

  • FILTRO COM CAPACITOR

    eletrônica industrial

    onde:
    vond é a tensão pico a pico
    f é a freqüência da onda retificada
    c é a capacitância
    i é a corrente continua na carga

    filtro com capacitor


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Curso básico de Eletroeletrônica  
  • INTRODUÇÃO
  • FILTROS
  • FILTROS TIPO T e Pi
  • OBSERVAÇÕES
  • RETIFICADORES DE MEIA ONDA
  • RETIFICADORES DE ONDA COMPLETA
  • RETIFICADORES DE ONDA COMPLETA-2
  • RETIFICADORES EM PONTE
  • COMPARAÇÃO ENTRE RETIFICADORES
  • FILTRO COM CAPACITOR
  • ONDULAÇÃO - EXEMPLO
  • O DIODO ZENER
  • EXPERIMENTO COM DIODO COMUM
  • REGULADOR DE TENSÃO ZENER
  • FONTES DE ALIMENTAÇÃO
  • TRANSFORMADORES
  • TRANSFORMADORES - II
  • NOÇÕES SOBRE MODULAÇÃO
  • NOÇÕES SOBRE MODULAÇÃO - II
  • SISTEMA DE TRANSMISSÃO / RECEPÇÃO
  • SISTEMA DE TRANSMISSÃO/RECEPÇÃO - DEFINIÇÕES
  • AMPLIFICADORES
  • AMPLIFICADOR CLASSE A
  • AMPLIFICADOR PUSH-PULL (CLASSE A)
  • AMPLIFICADOR PUSH-PULL - II
  • AMPLIFICADOR CLASSE B
  • AMPLIFICADOR CLASSE B -II
  • AMPLIFICADOR CLASSE B - III
  • AMPLIFICADOR CLASSE AB
  • CONFIGURAÇÃO DOS AMPLIFICADORES
  • POLARIZAÇÃO COM UMA ÚNICA FONTE
  • DEFINIÇÃO DOS PARÂMETROS ? E ß
  • VAMOS EXERCITAR?
  • ESTÁ MUITO DIFICIL?
  • FICOU MAIS FACIL?
  • NÃO DESANIME, VAMOS LÁ...
  • EXERCICIOS 6 E 7
  • EXERCICIO 8
  • EXERCICIOS RESOLVIDOS
  • Obrigado!