Curso Online de Torneiro Mecânico
3 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de Torneiro Mecânico

Aprenda neste Curso de Torneiro Mecânico sobre ferramentas, tipos especiais de chaves, esmerilhar rolamentos, engrenagens, leitura de ins...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Aprenda neste Curso de Torneiro Mecânico sobre ferramentas, tipos especiais de chaves, esmerilhar rolamentos, engrenagens, leitura de instrumentos de medida, paquímetros, calibradores e muito mais.

“Mas, para ser um bom profissional, o torneiro mecânico tem de conhecer desenho técnico e fazer um curso de metrologia e usinagem”,

Trabalho a 10 anos na área de Informática Formação ? TI Técnico em Redes e Manutenção Administrador de Redes Certificações ? Cisco RS e CCNA Security


"bom para quem ja tem esperiencia na area, como eu...."

- Gildo Mariano

- Luis Fernando De Menezes Alves

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE DESENHO MECÂNICO - Normalização; Perspectivas; Projeções; Cortes e secções; Cotagem; Tolerâncias dimensionais e de forma geométrica; Acabamento Superficial. METROLOGIA - Sistema Internacional de Unidades, Sistema Métrico e Sistema Inglês; Equipamentos de Medição (paquímetros, micrômetros,). MATERIAIS - Aço carbono, características, classificações e propriedade

    LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE DESENHO MECÂNICO - Normalização; Perspectivas; Projeções; Cortes e secções; Cotagem; Tolerâncias dimensionais e de forma geométrica; Acabamento Superficial. METROLOGIA - Sistema Internacional de Unidades, Sistema Métrico e Sistema Inglês; Equipamentos de Medição (paquímetros, micrômetros,). MATERIAIS - Aço carbono, características, classificações e propriedade

  • mecânicas; Aço ligas, características, classificações e propriedade mecânicas. TECNOLOGIA DA OCUPAÇÃO - Torno mecânico horizontal e CNC (partes principais e acessórios); Velocidade de corte; Velocidade de avanço; Rotação da Árvore; Ferramentas de corte, tipos e aplicações.

    mecânicas; Aço ligas, características, classificações e propriedade mecânicas. TECNOLOGIA DA OCUPAÇÃO - Torno mecânico horizontal e CNC (partes principais e acessórios); Velocidade de corte; Velocidade de avanço; Rotação da Árvore; Ferramentas de corte, tipos e aplicações.

  • PRÁTICA DA OCUPAÇÃO - Torneamento com placa universal; Torneamento entre placa e ponta; Torneamento entre pontas; Facear; Fazer furo de centro; Furar; Sangrar e Cortar; Tornear superfície cilíndrica externa e interna; Tornear superfície cônica externa e interna; Tornear superfície côncava e convexa; Roscar com machos e cossinetes; Calcular as engrenagens da grade para roscar no torno; Usinar roscas diversas

    PRÁTICA DA OCUPAÇÃO - Torneamento com placa universal; Torneamento entre placa e ponta; Torneamento entre pontas; Facear; Fazer furo de centro; Furar; Sangrar e Cortar; Tornear superfície cilíndrica externa e interna; Tornear superfície cônica externa e interna; Tornear superfície côncava e convexa; Roscar com machos e cossinetes; Calcular as engrenagens da grade para roscar no torno; Usinar roscas diversas

  • CAPÍTULO 1

    TORNO MECÂNICO

    GENERALIDADES

    O torno mecânico é a mais importante das máquinas-ferramenta.
    É geralmente considerado como a máquina-ferramenta fundamental porque dela se tem
    derivado todas as outras máquinas e também porque pode executar maior número de
    obras do que qualquer outra máquina-ferramenta.
    O primeiro torno mecânico que se tem notícia foi feito na França por volta de 1740,
    sendo desconhecido o seu inventor (fig. 1.1).
    Era um pequeno torno de 4 a 5 polegadas de diâmetro, já possuía fuso para abrir roscas
    e era empregado na confecção de pequenas peças.
    Em 1797, Henry Mandslay, Inglês, construiu um pequeno torno mecânico para abrir
    roscas de 10 polegadas de diâmetro, com fuso engrenado à árvore.

    Quando este torno foi construído, a princípio era preciso um fuso diferente para cada
    passo de rosca que se quisesse abrir. Mais tarde, foi obtida a variação do passo por meio
    de engrenagens, permitindo este dispositivo, abrir roscas de mais de um passo, com um
    só fuso, no mesmo torno.

  • Desta época até a atual, os aperfeiçoamentos introduzidos, fizeram do torno, a máquinaferramenta
    eficiente e engenhosa, com o auxílio da qual a indústria mecânica atingiu o
    desenvolvimento extraordinário dos nossos dias.

  • Os tornos modernos apresentam inovações na sua construção com o fim de aumentar a
    capacidade produtiva e a precisão das máquinas.

    Atualmente, com o aumento das exigências de mercado e da concorrência para a
    produção em série, já se deixaram de lado “os velhos” e tradicionais tornos,
    substituindo-os, mesmo com sacrifício, por tornos revólveres e automáticos.

    1.1 – CONCEITO E EMPREGO
    1 1.1 – Conceito

    Torno mecânico é a máquina-ferramenta, destinada a trabalhar uma peça animada de
    movimento de rotação, por meio de uma ferramenta de corte (fig. 1.2).
    Esta ferramenta pode trabalhar deslocando-se paralela ou perpendicularmente ao eixo
    da peça.
    No primeiro caso a operação é denominada tornear e no segundo caso facear.
    As curvas geradas pelos movimentos combinados da peça e da ferramenta são: uma
    hélice, quando se torneia, e uma espiral, quando se faceia.

  • 1.1.2 – Emprego

    O torno executa qualquer espécie de superfície de revolução uma vez que a peça que
    se trabalha tem o movimento principal de rotação, enquanto a ferramenta possui o
    movimento de avanço e translação.
    O trabalho abrange obras como eixos, polias, pinos e toda espécie de peças roscadas.
    Além de tornear superfícies cilíndricas externas e internas, o torno poderá usinar
    superfícies planas no topo das peças (facear), abrir rasgos ou entalhes de qualquer
    forma, ressaltos, superfícies cônicas, esféricas e perfiladas.

    Qualquer tipo de peça roscada, interna ou externa, pode ser executada no torno.
    Além dessas operações primárias ou comuns, o torno pode ser usado para furar,
    alargar, recartilhar, enrolar molas, etc.
    O torno também pode ser empregado para polir peças usando-se lima fina, lixa ou
    esmeril.

  • 1.2 – CLASSIFICAÇÃO

    A fim de atender às numerosas necessidades, a técnica moderna põe a nossa disposição
    uma grande variedade de tornos que diferem entre si pelas dimensões, características,
    formas construtivas, etc.
    A classificação mais simples é a seguinte: torno simples e torno de roscar.

    1.2.1 - Torno Simples

    Neste torno pode-se tornear, facear, broquear e sangrar, porém não se pode abrir rosca
    (fig. 1.3)

  • 1.2.2 - Tornos de roscar

    Classificam-se em quatro (4) grupos: simples de roscar; aperfeiçoado de roscar;
    revólveres e especiais.
    a) Tornos simples de roscar
    São os de manejo mais simples, e é necessário calcular as engrenagens, para cada
    passo de rosca que se deseja abrir.

  • b) Tornos aperfeiçoados de roscar

    Estes tornos possuem um cabeçote fixo com caixa de mudança de marchas por
    meio de engrenagens denominadas monopolias. A caixa de engrenagens tipo
    “NORTON” é usada para abrir roscas dando de imediato o número de fios por
    polegadas ou milímetros, por meio de uma alavanca que corre ao longo da abertura
    da caixa. Realiza-se esta operação fazendo a ligação das rodas dentadas para o
    passo que se deseja obter, de acordo com uma tabela colocada ao lado da referida
    caixa e o eixo de ligação do comando automático do carro, e por meio de um
    dispositivo denominado fuso (fig. 1.5).

  • c) Tornos revólveres

    Apresentam a característica fundamental, que é o emprego de várias ferramentas
    convenientemente dispostas e preparadas para realizar as operações em forma
    ordenada e sucessiva, e que obriga o emprego de dispositivos especiais, entre os
    quais o porta-ferramentas múltiplo, a torre-revólver, etc. É utilizado na confecção
    de peças em série.
    Os tornos revólveres classificam-se em:
    - Torno revólver horizontal;
    - Torno revólver vertical.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE DESENHO MECÂNICO - Normalização; Perspectivas; Projeções; Cortes e secções; Cotagem; Tolerâncias dimensionais e de forma geométrica; Acabamento Superficial. METROLOGIA - Sistema Internacional de Unidades, Sistema Métrico e Sistema Inglês; Equipamentos de Medição (paquímetros, micrômetros,). MATERIAIS - Aço carbono, características, classificações e propriedade
  • mecânicas; Aço ligas, características, classificações e propriedade mecânicas. TECNOLOGIA DA OCUPAÇÃO - Torno mecânico horizontal e CNC (partes principais e acessórios); Velocidade de corte; Velocidade de avanço; Rotação da Árvore; Ferramentas de corte, tipos e aplicações.
  • PRÁTICA DA OCUPAÇÃO - Torneamento com placa universal; Torneamento entre placa e ponta; Torneamento entre pontas; Facear; Fazer furo de centro; Furar; Sangrar e Cortar; Tornear superfície cilíndrica externa e interna; Tornear superfície cônica externa e interna; Tornear superfície côncava e convexa; Roscar com machos e cossinetes; Calcular as engrenagens da grade para roscar no torno; Usinar roscas diversas