Curso Online de Transmissão II - Telecomunicações - Conceitos básicos
5 estrelas 3 alunos avaliaram

Curso Online de Transmissão II - Telecomunicações - Conceitos básicos

Este curso visa ajudar a todos aqueles que tem interesse na área de Transmissão em Telecomunicações, uma visão sistêmica de como funciona...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 200 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso visa ajudar a todos aqueles que tem interesse na área de Transmissão em Telecomunicações, uma visão sistêmica de como funciona e o que é transmissão digital. Também é válido como horas acadêmicas para quem faz faculdade e/ou tecnólogo visando a área de Telecomunicações, e é certificado como curso de extensão na área.

Você também terá a oportunidade de entender um pouco da história da telefonia fixa e móvel, origens e funcionamento.

Analista de Telecomunicações. Trabalhando na Área de Transmissão desde 1997 quando ainda era sistema Telebrás. Atuou na implantação de sistemas de transmissão da tecnologia RAD (Israelense) em todo o Estado do Rio de Janeiro nas estações de FIXA de telecomunicações.


- Romario Bezerra Da Silva

- Juliano Real Araujo

- Leandro Gustavo De Angelis Augusto

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Transmissão Telecomunicações

    Transmissão Telecomunicações

  • Conceitos e objetivos

    Conceitos e objetivos

  • Conceito:

    No contexto de sistemas de telecomunicações é a transferência de informação da origem para um destino.

  • Telefone > Transmissão

    O Telefone é o sistema mais básico para entendermos como funciona as telecomunicações, e o sistema de transmissão que é a base das telecom.

  • A seguir vamos entender como foi realizado o desenvolvimento.

    Segue nas próximas páginas:

  • Desenvolvimento

    Desenvolvimento

    A transmissão é desenvolvida através de sistemas PDH e SDH.

    Vamos falar então um pouco sobre essas
    duas fantásticas técnicas utilizadas na
    Transmissão (TX).

  • PDH

    PDH

    PDH (Plesiochronous Digital Hierarchie)

    A Hierarquia Digital plesiocrona (PDH) É a
    Arquitetura de multiplexação assíncrona.
    Onde cada canal multiplexado opera de forma
    plesiócrona, ou seja, com um relógio que não
    é sincronizado com os relógios dos outros
    canais apesar de ser nominalmente idêntico

  • - O sistema PDH hoje em dia é pouco usado, por isso, vamos falar mais sobre o sistema SDH, que é o mais usado hoje em dia.

  • Rede DDH

    Rede DDH

    O que é o sistema SDH?
    - SDH é o conjunto de equipamentos e meios físicos de transmissão que compõem um sistema digital síncrono de transporte de informações. Este sistema tem o objetivo de fornecer uma infra-estrutura básica para redes de dados e voz, e atualmente é utilizado em muitas empresas que prestam serviços de Telecomunicações, públicos e privados, em todo o mundo.
     

  • As tecnologias SDH (Synchronous Digital Hierarchy) são utilizadas para multiplexação TDM com altas taxas de bits, tendo a fibra óptica como meio físico preferencial de transmissão.  Entretanto, possui ainda interfaces elétricas que permitem o uso de outros meios físicos de transmissão, tais como enlaces de rádios digitais e sistemas ópticos de visada direta, que utilizam feixes de luz infravermelha.
     
    Sua elevada flexibilidade para transportar diferentes tipos de hierarquias digitais permite oferecer interfaces compatíveis com o padrão PDH europeu (nas taxas de 2 Mbit/s, 8 Mbit/s, 34 Mbit/s e 140 Mbit/s) e americano (nas taxas de 1,5 Mbit/s, 6 Mbit/s e 45 Mbit/s), além do próprio SDH (nas taxas de 155 Mbit/s, 622 Mbit/s, 2,5 Gbit/s e 10 Gbit/s).

    A tecnologia SDH permite ainda implementar mecanismos variados de proteção nos equipamentos e na própria rede, oferecendo serviços com alta disponibilidade e efetiva segurança no transporte de informações.

  • Histórico SDH

    Histórico SDH

    Os primeiros sistemas de transmissão baseados em fibra óptica utilizados nas redes de telefonia pública utilizavam tecnologias proprietárias na sua arquitetura, nos formatos de multiplexação, no software e no hardware, e tinha procedimentos de manutenção diferenciados. Os usuários desses equipamentos solicitaram ao mercado fornecedor que desenvolvesse uma padronização de tecnologias e equipamentos de forma a possibilitar a utilização de equipamentos de diferentes fornecedores numa mesma rede.

    A tarefa de criar tais padrões começou em 1984, junto com outras frentes de trabalho para outras tecnologias, e ficou inicialmente a cargo da ECSA - EUA (Exchange Carriers Standards Association). A ECSA desenvolveu o padrão SONET (Synchronous Optical Network), que foi adotado, entre outros países, nos EUA.

    Após algum tempo o ITU-T - Europa (antigo CCITT) envolveu-se no trabalho para que um único padrão internacional pudesse ser desenvolvido para criar um sistema que possibilitasse que as redes de telefonia de países distintas pudessem ser interligadas. O resultado desse trabalho foi o conjunto de padrões e recomendações conhecido como SDH (Synchronous Digital Hierachy), ou Hierarquia Digital Síncrona.

    O desenvolvimento do SDH levou a um ajuste no padrão SONET para que os frames do 2 sistemas pudessem ser compatíveis tanto em tamanho como em taxa de bits, de forma que se pudessem interligar a redes do 2 padrões sem problemas de interface.
     


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Transmissão Telecomunicações
  • Conceitos e objetivos
  • Desenvolvimento
  • PDH
  • Rede PDH
  • Histórico SDH
  • Tabela relação entre SONET e SDH.
  • Rede SDH - Composição
  • SDH - Rede Física
  • Equipamentos
  • SDH - Gerência
  • Sincronismo
  • Exemplo de rede SDH (Figura)
  • SDH - Vantagens e limitações
  • SDH - Caracteristicas
  • SDH - Sincronismo
  • SDH - Estrutura em Camadas
  • SDH - Estrutura do Frame
  • SDH - Processo de Multiplexação
  • SDH - Topologia
  • SDH - Topologias de Rede
  • SDH - Exemplos de Topologias
  • SDH - Proteção
  • SDH - rede física
  • SDH - Proteção Lógica
  • SDH - Topologia Típica
  • SDH - Padrões e Recomendações
  • SDH - Equipamentos
  • Desenvolvimento no Brasil
  • - Exemplo do sistema
  • Diagrama de TX sobre IP
  • - Conceitos de Transmissão
  • Diagrama da rede
  • - Meios usados
  • Sistemas Digitais
  • - Atenuação
  • - Multiplexação (Cont)
  • - Multiplexação WDM
  • Pares de Condutores Elétricos
  • - Fios
  • - Cabos Coaxiais
  • Rádio ou Satélite (Soluções contra barreiras)
  • Meios de Transmissão
  • Outras funções do Rádio