Curso Online de MORFOSSINTAXE: ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS

Curso Online de MORFOSSINTAXE: ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS

Nesse curso, estaremos falando de morfossintaxe: estrutura e formação de palavras Tentaremos, explicar da melhor maneira possível, para q...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Nesse curso, estaremos falando de morfossintaxe: estrutura e formação de palavras
Tentaremos, explicar da melhor maneira possível, para que você possa, através desse curso ter um conhecimento elevado do assunto. E assim está preparado para os vestibulares da vida. Esse é nosso objetivo com esse curso. Preparar você para passa no vestibular. Bons estudos.

Licenciatura Plena em Letras/Inglesa (Letrólogo), pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Boa Esperança -(FAFIBE), no ano de 2015. 2003-2015 – Igreja Católica Cargo: Coordenador, Palestrante e Formador do Grupo. • 2013-2015 - Associação de Jovens e Adolescentes Paraíso Cargo: Voluntário como elaborador de ofícios e projetos. 2011-2015 – Plataforma de Ensino à Distância, EAD, Buzzero.com Cargo: Autor de Cursos da Língua Portuguesa, Informatica e Religiosos. • 2010-2015 - Autônomo Serviços gerais na operação de computador e Reforço de Informática Básica. 2012-2013 – E.M.E.F. Rogério Ribeiro Monteiro/ 2013-2014 – E.M.E.F. Geralda Bonifácio Rodrigues/ 2014-2015 E.M.E.F. Francisco Higino Filho Cargo: Professor de Jovens e Adultos e professor complementar no ensino regular do 2º ao 5º ano do ensino fundamental I.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • MORFOSSINTAXE: ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS

    morfossintaxe: estrutura e formação de palavras

    lauro de oliveira rodrigues

  • INTRODUÇÃO

    introdução

    nesse curso, estaremos falando de morfossintaxe: estrutura e formação de palavras
    tentaremos, explicar da melhor maneira possível, para que você possa, através desse curso ter um conhecimento elevado do assunto. e assim está preparado para os vestibulares da vida. esse é nosso objetivo com esse curso. preparar você para passa no vestibular. bons estudos.

  • Conceitos básicos

    conceitos básicos

    observe as seguintes palavras:  escol-a  escol-ar escol-arização  escol-arizar sub-escol-arização  observando-as, percebemos que há um elemento comum a todas elas: a forma escol-. além disso, em todas há elementos destacáveis, responsáveis por algum detalhe de significação. compare, por exemplo, escola e escolar: partindo de escola, formou-se escolar pelo acréscimo do elemento destacável -ar.

  • por meio desse trabalho de comparação entre as diversas palavras que selecionamos, podemos depreender a existência de diferentes elementos formadores. cada um desses elementos formadores é uma unidade mínima de significação, um elemento significativo indecomponível, a que damos o nome de morfema. 

  • Classificação dos morfemas

    classificação dos morfemas

  • Radical 

    radical 

    há um morfema comum a todas as palavras que estamos analisando: escol-. é esse morfema comum – o radical – que faz com que as consideremos palavras de uma mesma família de significação – os cognatos. o radical é a parte da palavra responsável por sua significação principal. 

  • Afixos 

    afixos 

    como vimos, o acréscimo do morfema –ar cria uma nova palavra a partir de escola. de maneira semelhante, o acréscimo dos morfemas sub- e –arização à forma escol- criou subescolarização. esses morfemas recebem o nome de afixos.  quando são colocados antes do radical, como acontece com sub-, os afixos recebem o nome deprefixos. quando, como –arização, surgem depois do radical os afixos são chamados de sufixos. prefixos e sufixos, além de operar mudança de classe gramatical, são capazes de introduzir modificações de significado no radical a que são acrescentados. 

  • Desinências 

    desinências 

    quando se conjuga o verbo amar, obtêm-se formas como amava, amavas, amava, amávamos, amáveis, amavam. essas modificações ocorrem à medida que o verbo vai sendo flexionado em número (singular e plural) e pessoa (primeira, segunda ou terceira). também ocorrem se modificarmos o tempo e o modo do verbo (amava, amara, amasse, por exemplo).

  • podemos concluir, assim, que existem morfemas que indicam as flexões das palavras. esses morfemas sempre surgem no fim das palavras variáveis e recebem o nome de desinências. há desinências nominais e desinências verbais.

  • desinências nominais: indicam o gênero e o número dos nomes. para a indicação de gênero, o português costuma opor as desinências -o/-a:  garoto/garota; menino/menina

  • para a indicação de número, costuma-se utilizar o morfema –s, que indica o plural em oposição à ausência de morfema, que indica o singular: garoto/garotos; garota/garotas; menino/meninos; menina/meninas.  no caso dos nomes terminados em –r e –z, a desinência de plural assume a forma -es: mar/mares; revólver/revólveres; cruz/cruzes. 


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Conceitos básicos
  • Classificação dos morfemas
  • Radical 
  • Afixos 
  • Desinências 
  • Desinências verbais
  • Vogal temática 
  • Vogais temáticas nominais
  • Vogais temáticas verbais
  • Vogal ou consoante de ligação 
  • Estrutura e Formação de Palavras II
  • Palavras primitivas
  • Palavras derivadas
  • Palavras simples
  • Palavras compostas
  • Processos de formação de palavras
  • Composição
  • Justaposição
  • Composição por aglutinação
  • Derivação por acréscimo de afixos 
  • Prefixal (ou prefixação)
  • Sufixal (ou sufixação)
  • Outros tipos de derivação 
  • Derivação regressiva
  • Derivação imprópria
  • Outros processos de formação de palavras
  • Hibridismo