Curso Online de padre José de Anchieta

Curso Online de padre José de Anchieta

padre José de Anchieta Poesia Do Santíssimo sacramento A Santa Inês Em Deus Meu Criador Teatro Prosa Cartas

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

padre José de Anchieta
Poesia
Do Santíssimo sacramento
A Santa Inês
Em Deus Meu Criador
Teatro
Prosa
Cartas

Sou professora de português em Salvador ,bem como psicopedagoga e costumo acessar a internet para estudar e pesquisar. Graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Federal da Bahia



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • PADRE JOSÉ DE ANCHIETA

    padre josé de anchieta

    padre anchieta teve grande importância na ação evangelizadora dos jesuítas no brasil

  • filho de joão lopes de anchieta, um revolucionário que tomou parte na revolta dos comuneiros contra o imperador carlos v, na espanha; e um grande devoto da virgem maria. sua mãe chamava-se mência dias de clavijo y larena, natural das ilhas canárias, filha de ex-judeus

  • anchieta tinha, por parte do pai, a ascendência nobre da família dos anchieta bascos do norte da espanha, também conhecido como país basco até hoje; e pelo avô materno, sebastião de larena, um "cristão novo" (judeu convertido) do reino de castela. sua ascendência judaica foi determinante para o enviarem para estudar em portugal e não na espanha, onde a inquisição era mais rigorosa. anchieta viveu com os pais até os 14 anos, depois mudou-se para coimbra - portugal, onde foi estudar filosofia no colégio das artes, anexo à universidade de coimbra. da família de 12 irmãos, teve além dele, mais dois sacerdotes: o padre pedro nuñez e padre melchior.

  • muito jovem, anchieta aprendeu a ler e a escrever ainda na ilha de tenerife, além de noções básicas do latim. freqüentou a universidade de coimbra, onde aperfeiçoou seu latim, estudou dialética e filosofia, o que lhe facilitou o ingresso na companhia de jesus, recém fundada por inácio de loyola, um parente distante da família anchieta (aos 17 anos).

  • entre os jesuítas sua primeira atividade era ajudar na celebração de missas, e ele chegava a ajudar em mais de 10 missas por dia, trabalhando mais de 16 horas. porém, tanta dedicação causou-lhe alguns problemas de saúde, que se agravaram e se transformaram em constantes dores nas juntas e ossos do corpo, principalmente na coluna. imaginando que as dores eram provas divinas, o padre dedicava-se ainda mais ao trabalho. o resultado foram dores por lesões permanentes que o acompanharam por toda a vida. por essas dores ele se interessou em embarcar para o brasil,devido ao fato de o clima ser mais ameno que o da europa.

  • PADRE JOSÉ DE ANCHIETA

    padre josé de anchieta

    chegou ao brasil em 1553, junto com outros padres que se opunham a contra-reforma religiosa na europa, que tinham em mente a idéia de catequizar os habitantes das novas terras descobertas. ele veio na esquadra de dom duarte da costa, segundo governador geral do brasil. junto com ele, vieram mais 6 padres jesuítas, todos doentes.

  • chegou ao brasil em 1553, junto com outros padres que se opunham a contra-reforma religiosa na europa, que tinham em mente a idéia de catequizar os habitantes das novas terras descobertas. ele veio na esquadra de dom duarte da costa, segundo governador geral do brasil. junto com ele, vieram mais 6 padres jesuítas, todos doentes.
    não encontrou a cura para seus males e dores, mas se dedicou a catequizar os índios brasileiros e para isso, foi viver no meio deles, aprende com o padre auspicueta as primeiras palavras do abanheenga, língua geral dos índios tupis e guaranis, aprendendo seus idiomas, seus costumes e lendas. ele foi o primeiro a perceber que existia uma raiz comum nos diversos idiomas indígenas falados em nossa terra. ele, é que consagrou o termo "tupi", para designar a essa raiz comum entre os idiomas indígenas. a partir desse entendimento, ele elaborou a gramática da língua e assim ficou mais fácil compreendera os diversos ramos lingüísticos.

  • ele escreveu muitas cartas que servem de estudo do seu período histórico no brasil, que servem de referência até hoje e escreveu o livro arte de gramática da língua mais usada na costa do brasil. o fenômeno da catequese da feita pelos religiosos aos povos indígenas é muito criticada pelos especialistas, visto que ela foi acabando lentamente com a cultura desses povos.

  • aos vinte, vem para o brasil, na missão jesuítica chefiada pelo pe. luís da grã, que acompanhava o 2º governador geral duarte da costa. viveu aqui até morrer, aos 63 anos, no espírito santo, em 1597. era chamado pelos índios como o “grande piahy”, que quer dizer supremo pajé branco. escreveu “a arte da gramática maia usada na costa do brasil”, para facilitar aos sacerdotes a missão catequética dos índios. a obra do pe. anchieta tem caráter didático, utilitário e moralizante. a realização artística de sua poesia, de seu teatro e de sua prosa subordina-se a outros interesses, que não estéticos, a conversão do índio e a moralização dos costumes.

  • por isso, alguns autores negam a ele o papel de “fundador da poesia no brasil”. o trabalho de catequese foi a principal preocupação dos jesuítas, levando-os a produzir uma poesia de devoção e um teatro de caráter pedagógico (usado como recurso para ensinamentos religiosos), baseados em textos bíblicos. a catequese foi na verdade a principal preocupação dos jesuítas, conseqüência da contra-reforma, objetivo de sua produção tanto na poesia como no teatro.

  • ensinava latim português e latim para os índios, cuidava dos feridos, dava conselhos, escrevia poesias e autos em vários idiomas, inclusive o "tupi"; assim conquistou a confiança dos nativos. ele é considerado por muitos como o fundador do teatro brasileiro, ele se inspirava nos autos do português gil vicente (foto abaixo a esquerda), nas festas, recepções e comemorações dos indígenas. muitos consideram seu trabalho lírico, melhor que a do mestre gil vicente que o inspirou.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • PADRE JOSÉ DE ANCHIETA
  • POESIA
  • “ DO SANTÍSSIMO SACRAMENTO
  • TEATRO
  • PROSA
  • CARTAS
  • Foi beatificado, ou seja, hoje o correto é chamá-lo de Beato José de Anchieta pelo Papa João Paulo II, no dia 22 junho de 1980, sem provas de seus milagres.