Curso Online de Cirurgia Bariátrica
3 estrelas 3 alunos avaliaram

Curso Online de Cirurgia Bariátrica

O tratamento da obesidade é clinico. Baseia-se na reeducação global (nutricional, física e psicológica). Essa reeducação tríplice precisa...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 50 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O tratamento da obesidade é clinico. Baseia-se na reeducação global (nutricional, física e psicológica). Essa reeducação tríplice precisa ser mantida por toda a vida. O uso de medicamentos tem apenas valor coadjuvante pequeno e deve ser prescrito apenas por especialistas devido ao grande número de efeitos colaterais.
Estudos estatísticos mundiais comprovaram que o tratamento clinico só funciona bem até certo peso . Pacientes muito obesos não tem boa resposta ao tratamento clinico. Ou perdem pouco peso ou reengordam com facilidade. Demonstrou-se que até o limite de IMC=40 Kg/m2 o tratamento clinico é bem sucedido, mas acima desse valor o resultado é ruim. Porisso dizemos que o IMC=40 é o limite do tratamento clinico e pessoas com esse IMC (ou maior) são chamadas de Obesos Mórbidos.
Os obesos mórbidos eram pessoas que não tinham tratamento e continuavam a engordar indefinidamante até falecerem em decorrência das comorbidades. Nesse panorama surgiu em 1952 nos EUA uma proposta de tratamento cirúrgico e assim nasceu uma especialidade médica denominada Cirurgia Bariátrica.

Enfermeira especialista em Saúde Pública. Funcionária da Fundação Hemopa (Banco de Sangue). Preceptora de Estágio Supervisionado (Saúde Pública) do Curso de Graduação de Enfermagem da Escola Superior da Amazônia (ESAMAZ). Possui vasto conhecimento em Análises Clínicas e Hemostasia.É membro associado da Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia. Possui o TÍTULO de Proficiência Técnica de Enfermagem em Hematologia e Hemoterapia pela Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia.


- Selma De Melo Fernandes

"Bom!"

- Amanda Carolina Silva Muniz

"Achei muito fraco: não há aprofundamento em nenhum conceito dado. Extremamente básico. Posso dizer que não me acrescentou em nada!"

- Gabriela Karla Nascimento De Souza Suzuki

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • cirurgia
    bariátrica

    enfª esp. thaís figueiredo

  • algumas informações:

    público alvo: enfermeiros, acadêmicos de enfermagem, estudantes e técnicos de enfermagem;
    nossos cursos não possuem avaliação;
    oferecemos tais cursos como forma de atualização e, também para ajudar os acadêmicos (carga horária) em suas atividades complementares que são exigidas pelo mec;
    esperamos contribuir no aumento de seus conhecimentos;
    este curso possui 31 slides.

  • OBESIDADE:

    obesidade:

    o tratamento da obesidade é clinico
    baseia-se na reeducação global (nutricional, física e psicológica)
    essa reeducação tríplice precisa ser mantida por toda a vida.
    o uso de medicamentos tem apenas valor coadjuvante pequeno e deve ser prescrito apenas por especialistas devido ao grande número de efeitos colaterais.

  • OBESIDADE:

    obesidade:

    estudos estatísticos mundiais comprovaram que o tratamento clinico só funciona bem até certo peso

    pacientes muito obesos não tem boa resposta ao tratamento clinico

    ou perdem pouco peso ou engordam com facilidade.

  • OBESIDADE:

    obesidade:

    os obesos mórbidos eram pessoas que não tinham tratamento e continuavam a engordar indefinidamante até falecerem em decorrência das comorbidades

      nesse panorama surgiu em 1952 nos eua uma proposta de tratamento cirúrgico e assim nasceu uma especialidade médica denominada cirurgia bariátrica

  • OBESIDADE:

    obesidade:

    demonstrou-se que até o limite de imc=40 kg/m2 o tratamento clinico é bem sucedido, mas acima desse valor o resultado é ruim. porisso dizemos que o imc=40 é o limite do tratamento clinico e pessoas com esse imc (ou maior) são chamadas de obesos mórbidos

  • Existem vários tipos de cirurgia que diferem conforme o seu mecanismo de ação:

    existem vários tipos de cirurgia que diferem conforme o seu mecanismo de ação:

    dificultar a entrada de alimento no corpo

    diminuir a fome em nível cerebral e causar saciedade gástrica

    dificultar a absorção de gorduras e carboidratos (dissabsorção)

  • 1- Dificultar a entrada de alimento no corpo:

    1- dificultar a entrada de alimento no corpo:

    historicamente existiram varias tentativas de dificultar a ingestão alimentar, como por exemplo amarrar os dentes com aço mantendo a boca fechada
    estreitar o estomago com uma cinta transformando-o em uma ampulheta de forma que só um pouco de comida passaria por minuto.
    colocar dentro do estomago algo que fique ocupando espaço como uma bola de plástico que também dificultaria a ingestão por competição de espaço. são as técnicas restritivas

  • 2- Diminuir a fome e causar saciedade gástrica:

    2- diminuir a fome e causar saciedade gástrica:

    a comida percorre o tubo digestivo da boca até o anus como se fosse uma estrada.
    consideremos que a estrada tenha 100 km. o trecho da estrada entre o kilometro 10 e o kilometro 20 é duodeno e jejuno proximal.
    esse trecho é um intestino de altíssima capacidade de absorção, como se fosse um mata-borrão . a maior parte dos nutrientes são absorvidos para o sangue nesse trecho

  • o restante do alimento que não foi absorvido continua percorrendo a estrada levado pelo peristaltismo.

    quando esses nutrientes chegam no kilometro 80, chamado íleo terminal, eles estimulam esse intestino a produzir hormônios que fazem o corpo parar de comer

    . o intestino avisa o cérebro que já tem muita comida no intestin. esse hormônio estimula o centro da saciedade no hipotálamo e a pessoa não tem mais fome

    existe uma forma de romper esse ciclo vicioso. trata-se de fazer um desvio na estrada de forma que a comida não passe pelo trecho entre o kilometro 10 e kilometro 20. dessa maneira a comida não será absorvida nesse mata borrão e haverá nutrientes chegando ao kilometro 80.

  • 3- Causa da dissabsorção:

    3- causa da dissabsorção:

    a estrada do tubo digestivo tem 100 km. a comida mistura-se com a bile e o suco pancreático no kilometro 10 e essa mistura percorre a estrada por 90 km.

    a bile vai digerindo a gordura nessa viagem. entre os kilometros 70 e 90 ocorre a absorção das gorduras digeridas (pela bile) para o sangue


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • OBESIDADE:
  • Existem vários tipos de cirurgia que diferem conforme o seu mecanismo de ação:
  • 1- Dificultar a entrada de alimento no corpo:
  • 2- Diminuir a fome e causar saciedade gástrica:
  • 3- Causa da dissabsorção:
  • A- Bypass Gástrico:
  • B- Banda Gástrica Ajustável:
  • C- Dissabsortivas:
  • Outras complicações que podem ocorrer são:
  • Contra-indicações: